Documentário mostra o impacto da pecuária na Amazônia

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • “A pastoral com as pessoas LGBT deve fazer parte do caminho sinodal”, defende o cardeal de Bolonha

    LER MAIS
  • As origens do termo “gaúcho” e nossas heranças indígenas. A história que não te contam

    LER MAIS
  • Os padres das novas gerações e o ‘modelo’ padre Pino Puglisi: uma distância intransponível?

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


01 Agosto 2018

O filme alerta para que o consumo da carne não esteja atrelado a questões como desmatamento e trabalho escravo

A reportagem foi publicada Portal Amazônia, 30-07-2018.

Sob a Pata do Boi” é um documentário que tem a direção de Márcio Isensee, e fala sobre os estragos da pecuária na Amazônia. Em 49 minutos de projeção, o documentário expõe através de entrevistas com produtores rurais e donos de frigoríficos o desmatamento na região. O filme é uma produção do site ((o)) eco, de jornalismo ambiental, e do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon).

“Este documentário é resultado de 2 anos de investigação para a cadeia de pecuária da Amazônia. Conversamos com produtores grandes e pequenos em diferentes municípios, principalmente no Pará, que é um grande expoente da pecuária na Amazônia. E isso gerou uma série de reportagens que foram sendo publicadas e depois disso a gente fez o filme. Sempre com intuito muito claro de que as pessoas saibam que existe pecuária na Amazônia. A região hoje tem um rebanho de 85 milhões de cabeças de gado, 3 cabeças para cada pessoa no bioma”, aponta Márcio.

No documentário, ele tenta abordar o problema ao falar de boas práticas na pecuária e também sobre questões como regularização fundiária e consciência do consumidor. O Pará foi o primeiro estado a se propor, através de um ajustamento de conduta firmado entre os frigoríficos e o Ministério Público, a tentar controlar essa cadeia para que os frigoríficos não comprassem de fazendas que tem o desmatamentotrabalho escravo e outras questões relacionadas ao meio ambiente.

Exibido em cidades como Rio de Janeiro, São Paulo e Belém, o documentário estará disponível a partir de 9 de agosto nas plataformas digitais iTunes, Google Play e Net NOW.

Confira o trailer do documentário abaixo

 

 Leia mais

 

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Documentário mostra o impacto da pecuária na Amazônia - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV