Estados Unidos. Maria, José e Jesus ‘sob a detenção da ICE’. A manifestação de uma igreja católica

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Nunca se viu no Brasil um governo tão abençoado pelas igrejas

    LER MAIS
  • Cardeal Hollerich “está aberto” ao sacerdócio das mulheres

    LER MAIS
  • "A REPAM é fazer conectar aquilo que é comum de todos". Entrevista com João Gutemberg Sampaio, novo secretário executivo

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


05 Julho 2018

Diante da controversa política dos Estados Unidos para deter os imigrantes que cruzam ilegalmente a fronteira, uma igreja católica de Indianópolis deixou muito claro sua posição com uma simples demonstração pública. A Catedral da Igreja Católica decidiu “deter”, na parte exterior de seu recinto, a família de refugiados mais conhecida do mundo: a Virgem Maria, José e o Menino Jesus.

A reportagem é de Johanna A. Álvarez, publicada por El Nuevo Herald, 03-07-2018. A tradução é do Cepat.

Em fotografias publicadas nas redes sociais, observa-se a estátua de Maria sentada com o pequeno Jesus em seus braços, enquanto a estátua de José se mantém parada e olhando atentamente para sua família, tal como costumam ficar nas representações do Natal.

Ao redor da Sagrada Família, os representantes colocaram quatro barras de metal que se assemelham às celas da Polícia de Imigração e Aduanas (ICE), na qual se encontram milhares de detidos menores de idade, após ser separados de seus pais.

A demonstração faz parte da campanha Toda família é sagrada, que busca criar consciência sobre “as atrocidades humanas das políticas de imigração de ‘tolerância zero’ de nossa nação nas fronteiras”, de acordo com um comunicado de imprensa publicado pela igreja em seu portal digital.

“A Sagrada Escritura é clara acerca de como devemos tratar as pessoas que buscam encontrar segurança para suas famílias: devemos mostrar misericórdia e lhes dar as boas-vindas”, acrescentou o decano da igreja, Stephen Carlsen no comunicado.

Carlsen enfatizou também a semelhança de Jesus, Maria e José com os imigrantes que chegam às fronteiras dos Estados Unidos: a Sagrada Família “não tinha lar e fugiram do perigo em busca de asilo”.

“As pessoas de boa vontade e fé não devem permitir que isto continue. Não devemos nos dividir por raça, idioma ou cultura, mas ajudar no cuidado de nossos vizinhos, porque toda família é sagrada”, apontou o decano.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Estados Unidos. Maria, José e Jesus ‘sob a detenção da ICE’. A manifestação de uma igreja católica - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV