Chile - Caso Barros. Juan Carlos Cruz já está em Roma para se reunir com o Papa

Revista ihu on-line

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

Mais Lidos

  • A Igreja é contra a Reforma da Previdência

    LER MAIS
  • A justiça social é mais importante para evitar doenças mentais do que medicamentos, afirma relator de saúde da ONU

    LER MAIS
  • Governo autoriza 42 novos agrotóxicos e somando 239 registros no ano

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

25 Abril 2018

O jornalista Juan Carlos Cruz já está em Roma para se reunir com o Papa Francisco, no marco das acusações que pesam sobre o bispo de Osorno, Juan Barros, pelo acobertamento de casos de abusos sexuais cometidos por Fernando Karadima.

A reportagem é publicada por El Mostrador, 23-04-2018. A tradução é do Cepat.

Cruz chegou à capital italiana no sábado, junto com os também denunciantes José Andrés Murillo e James Hamilton, convidados pelo Sumo Pontífice, com quem se reunirão nesta semana, relatou Cooperativa.

O convite de Jorge Bergoglio aos denunciantes de Karadima ocorre após a investigação realizada pelo arcebispo de Malta, Charles Scicluna, em nosso país, a partir da qual reconheceu ter incorrido em “graves erros de avaliação” a respeito dos abusos cometidos por Karadima e o acobertamento de Barros, a quem defendeu inclusive durante sua visita ao Chile.

Foto: Religión Digital

No entanto, após os antecedentes recolhidos por Scicluna, o Papa enviou uma carta pedindo desculpas às vítimas e solicitando uma reunião com os bispos, que acontecerá durante o mês de maio.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Chile - Caso Barros. Juan Carlos Cruz já está em Roma para se reunir com o Papa - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV