EUA e os Dreamers. Irmãs religiosas são presas na marcha contra a deportação dos imigrantes

Revista ihu on-line

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Grande Sertão: Veredas. Travessias

Edição: 538

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Mais Lidos

  • Bispos latino-americanos levantam a voz pela Amazônia

    LER MAIS
  • Bolsonaro pode ser responsabilizado por crime contra humanidade

    LER MAIS
  • Enquanto Amazônia arde, governistas e ruralistas aprovam mais incentivos à devastação no Senado

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

02 Março 2018

Mais de 200 irmãs religiosas, ativistas e outros católicos marcharam, no dia 27 de fevereiro, no Capitol Hill, em direção a policiais numa manifestação contra a política de imigração do presidente Donald Trump que resultou em dezenas de prisões.

Eles cantaram e carregaram placas com os dizeres "os católicos estão com os Dreamers”, ao lado de imagens da Virgem Maria, conforme reportou a mídia.

A informação é publicada por La Croix International, 01-03-2018. A tradução é de Luísa Flores Somavilla.

O movimento católico apoiava 800.000 imigrantes que podem ser deportados se Trump continuar com seu plano de rescindir a Ação Diferida para os Chegados na Infância (DACA) do ex-presidente Barack Obama.

Esse plano coloca muitos imigrantes que cresceram nos Estados Unidos e que haviam recebido a garantia do green card em risco de terem de sair do lar adotivo.

Na marcha, em Washington, D.C., realizada no chamado Dia de Ação Católica com os Dreamers, freiras, sacerdotes e leigos foram presos voluntariamente ao lutarem para dar voz a quem não tem. A marcha foi organizada por diversos grupos, como o Franciscan Action Network.

No dia anterior, a Conferência dos bispos católicos dos EUA patrocinou um "telefonaço”, incentivando paroquianos a entrarem em contato com os membros do Congresso e pedirem que eles "demonstrem a liderança necessária para encontrar uma solução justa e humana".

Os manifestantes esperam preparar o terreno para uma legislação mais favorável para a imigração e afirmam que pesquisas mostram que a maioria dos estadunidense apoia a ideia.

Eles receberam incentivos da Suprema Corte no dia 26 de fevereiro, quando um juiz voltou a emitir várias proteções garantidas pela DACA, mas disse que não poderiam basear sua esperança em decisões amigáveis no tribunal, devido à política de substituição de Trump.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

EUA e os Dreamers. Irmãs religiosas são presas na marcha contra a deportação dos imigrantes - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV