Lucro do Santander aumenta 42% no Brasil e impulsiona resultados do banco no mundo todo

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Cardeal: a primeira pergunta que Deus faz não é sobre orientação sexual, mas sobre o cuidado com os pobres

    LER MAIS
  • Cardeal espanhol: ‘O comunismo marxista … renasceu’ no país

    LER MAIS
  • O silêncio dos teólogos. Custódia da comunhão e medo cúmplice

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

01 Fevereiro 2018

O Banco Santander fechou 2017 no Brasil com um forte aumento dos lucros, 42% mais que no ano anterior e muito acima de todas as outras divisões internacionais da entidade financeira espanhola. O Santander obteve no ano passado no Brasil um lucro que foi decisivo para impulsionar os resultados globais de todo o grupo. O Brasil respondeu por 26% dos lucros totais do Santander, que foram de 6,619 bilhões de euros (25,8 bilhões de reais). A evolução das taxas de câmbio entre a divisa brasileira e a europeia contribuiu para melhorar as receitas do banco.

A reportagem é de Íñigo de Barrón, publicada por El País, 31-01-2018.

Atrás do Brasil ficou a divisão do Santander do Reino Unido. A hegemonia da filial brasileira cresce em relação a todas as divisões do grupo, obtendo um resultado de 2,54 bilhões de euros, o que perfaz 26% dos lucros totais e 42% a mais que em 2016. Em segundo lugar, bem longe, vem o Reino Unido, com 16% dos lucros, ou 1,49 bilhões de euros (5,8 bilhões de reais), embora com uma queda de 9% em comparação com 2016. A Espanha representa 15% dos lucros. No total, a América contribui com quase metade (48%) dos lucros do banco.

Ana Botín, presidenta do Santander, declarou, segundo comunicado divulgado pelo banco: “2017 foi, uma vez mais, um ano muito bom, e os resultados que anunciamos hoje mostram a fortaleza de nossa dimensão e diversificação. O Santander manteve sua posição como um dos bancos mais rentáveis e eficientes do mundo.”

O Santander é o maior banco da zona do euro, com uma capitalização na Bolsa de 88,4 bilhões de euros (344,7 bilhões de reais) em 31 de dezembro de 2017. Tem uma presença forte em 10 dos principais mercados da Europa e da América, que atendem a 133 milhões de clientes. Conta com 13.697 agências, 11,9% mais que há um ano.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Lucro do Santander aumenta 42% no Brasil e impulsiona resultados do banco no mundo todo - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV