Jovem Guarani Nhandeva é assassinado no norte do Paraná

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Mais de 50 mil assinaturas exigem proteção para o Padre Júlio Lancellotti

    LER MAIS
  • Massacragem dos Chiquitanos vai à ONU. Artigo de Aloir Pacini

    LER MAIS
  • Um confinamento frutífero: em que o papa Francisco trabalhou durante a pandemia?

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


14 Março 2017

Na madrugada deste domingo (12) um jovem da Terra Indígena Laranjinha, localizado no município de Santa Amélia, no estado do Paraná foi covardemente assassinado com nove facadas no pescoço em uma vila próxima ao acesso à comunidade.

A notícia é da Articulação dos Povos Indígenas da Região Sul (ArpinSul) e reproduzida por Cimi, 13-03-2017.

O jovem era conhecido como Vaguinho, e era muito conhecido na cidade por sua simplicidade e porque convivia muito bem com todos. O crime abalou muito a comunidade. A revolta e indignação é grande entre os Guarani Nhandeva pela covardia e crueldade e porque ninguém ainda deu informações que explique a motivação do crime que aconteceu na rua da movimentada vila.

A família, principalmente o vice-cacique, que é irmão da vítima, disse que quer primeiro entender a razão de uma pessoa tão simples e boa como seu irmão ser morto assim - e como ninguém sabe e viu nada. Disse que acha no mínimo estranho e quer que este ato de violência seja investigado e esclarecido para seu povo. E seja acima de tudo feito justiça.

As lideranças da comunidade demonstraram muita preocupação com o aumento da violência nesta cidade e ainda mais porque há aproximadamente um ano outro parente foi assassinado nas proximidades da mesma cidade. Uma outra pessoa da cidade também foi encontrada morta com o jovem Guarani com sete facadas na região do pescoço e mais duas no abdômen.

Todos esperam que o caso seja resolvido o mais breve possível para que seja pelo menos amenizada a dor desta comunidade.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Jovem Guarani Nhandeva é assassinado no norte do Paraná - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV