Trump derruba as fronteiras entre religião e política

Revista ihu on-line

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Clarice Lispector. Uma literatura encravada na mística

Edição: 547

Leia mais

Mais Lidos

  • “Sínodo é até o limite. Inclui a todos: Os pobres, os mendigos, os jovens toxicodependentes, todos esses que a sociedade descarta, fazem parte do Sínodo”, diz o Papa Francisco

    LER MAIS
  • Por que a extrema direita elegeu Paulo Freire seu inimigo

    LER MAIS
  • Enquanto Francisco visitava a Eslováquia, a comunidade internacional celebra a mulher sacerdote da Tchecoslováquia

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


05 Fevereiro 2017

Donald Trump pisoteia a separação estadunidense entre Igreja e Estado. Na presença de dignitários e líderes espirituais, ele prometeu “destruir completamente” o chamado Johnson Amendment, que, desde 1954, estabelece e regula com clareza a fronteira entre religião e política.

A reportagem é de Marco Valsania, publicada no jornal Il Sole 24 Ore, 03-02-2017. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

A legislação proíbe organizações isentas de impostos, como as Igrejas e as instituições de caridade, de participarem, direta ou indiretamente, em campanhas eleitorais. Incluindo um convite do púlpito a votar a favor ou contra candidatos. Uma violação envolve a perda do direito às isenções fiscais

A lei foi proposta pelo então senador democrata Lyndon Johnson, do Texas, aprovada por um Congresso de maioria republicana e assinada por um presidente igualmente republicano, Dwight Eisenhower.

Mas ela é mal vista há muito tempo pela direita religiosa, que a denuncia sem sucesso no tribunal como uma limitação indevida à liberdade de expressão. Trump tinha se comprometido com o seu cancelamento durante a corrida à Casa Branca. Tal medida requer a intervenção do Congresso, mas, hoje, inúmeros republicanos radicais veem favoravelmente o “canetaço” contra uma herança laica já consolidada.

Leia mais:

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Trump derruba as fronteiras entre religião e política - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV