Católicos e não católicos dos EUA continuam a ver favoravelmente Francisco

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Propor vacinação só em março e alcançar no máximo 1/3 da população em 2021 é um crime

    LER MAIS
  • Ailton Krenak: “A Terra pode nos deixar para trás e seguir o seu caminho”

    LER MAIS
  • Covid-19: 'Pandemia no Sul caminha para agravamento sem precedentes', diz epidemiologista

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


21 Janeiro 2017


Gráfico que mostra que sete a cada 10 adultos americanos veem favoravelmente o Papa Francisco. (Pew Research Center, 2017)

Alguns líderes mundiais iniciam os seus mandatos com altos índices de favorabilidade – apenas para ver as respectivas popularidades decaírem com o passar do tempo. Mas, nos EUA, o Papa Francisco continua tão querido quanto nunca, com 7 a cada 10 americanos dizendo que a opinião que possuem do pontífice é “muito” ou “na maior parte” favorável, de acordo com o novo estudo do Centro de Pesquisas Pew (Pew Research Center).

A reportagem é de Claire Gecewicz, publicada por PewrResearchCenter, 18-01-2017. A tradução é de Isaque Gomes Correa.

Quando Francisco começou o seu papado em março de 2013, 57% dos americanos tinham uma opinião favorável dele, enquanto 14% tinham uma opinião desfavorável e 29% não puderam ou não quiseram avaliar. Agora, 7 a cada 10 americanos expressam uma visão favorável de Francisco, enquanto 19% expressam uma opinião desfavorável e somente 11% dizem não conhecer o suficiente para poder opinar sobre o líder religioso.


Gráfico mostrando a favorabilidade papal entre os católicos dos EUA. (Pew Research Center, 2017)



O que não nos deve surpreender: o papa é ainda mais querido entre os católicos americanos do que o é entre o público como um todo, com 8 a cada 10 ou mais católicos americanos dando índices favoráveis ao religioso. Atualmente, 87% dos católicos expressam uma visão favorável do papa.

As opiniões variam grandemente entre os não católicos. Cerca da metade (53%) dos protestantes evangélicos brancos hoje veem Francisco favoravelmente, número semelhante aos 59% que assim responderam em março de 2013, quando começou o atual papado.


Sete a cada 10 pessoas que se identificam como “sem religião” e protestantes históricos brancos veem favoravelmente o Papa Francisco. (Pew Research Center, 2017)

Entre os “sem religião” – aqueles que se descrevem como ateus, agnósticos ou “nada em particular” –, 71% possuem uma visão “muito” ou “na maior parte” favorável do papa, número significativamente mais alto do que os 39% que responderam positivamente a Francisco em março de 2013. Parte desta mudança veio dos que originalmente não possuem opinião sobre o líder religioso. Na verdade, cerca de 1/3 (34%) dos “sem religião” não quiseram ou não podiam avaliar Francisco em 2013, enquanto somente 10% hoje não proferiram uma opinião.

Francisco desfruta de um nível parecido de popularidade entre os protestantes históricos brancos, com 72% do grupo dizendo ter uma visão favorável dele, o que representa uma pequena mudança na comparação com os outros anos.

As opiniões positivas do Papa Francisco entre os católicos se aproximam dos mais altos índices do Papa João Paulo II entre os católicos nas décadas de 1980 e 1990. Ao mesmo tempo, os índices de favorabilidade de Francisco tendem a ser um pouco mais elevado do que eram os de Bento XVI durante a maior parte de seu tempo como papa.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Católicos e não católicos dos EUA continuam a ver favoravelmente Francisco - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV