Ceia evangélica e eucaristia católica: luteranos desejam uma ceia comum

Revista ihu on-line

Grande Sertão: Veredas. Travessias

Edição: 538

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

Mais Lidos

  • Tuitadas

    LER MAIS
  • Adaptando-se a uma ''Igreja global'': um novo comentário internacional sobre o Vaticano II. Artigo de Massimo Faggioli

    LER MAIS
  • Assim arma-se a próxima crise financeira

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

11 Janeiro 2017

No 500º aniversário da Reforma, o bispo luterano Gerhard Ulrich (presidente da VELKD – Igreja Luterana-Evangélica Unida da Alemanha) espera que a Igreja Católica possa ir ao encontro dos evangélicos a fim de celebrar juntos a ceia do Senhor – e espera um impulso nesse sentido por parte do papa.

A reportagem é do sítio Domradio.de, 09-01-2017. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

“O Papa Francisco sempre está pronto para fazer surpresas”, disse o presidente da VELKD à Deutsche Presse Agentur. Fazem parte da VELKD sete Igrejas regionais, com 9,5 milhões de protestantes. Por ocasião da sua visita à comunidade luterana de Roma, em novembro de 2015, o papa tinha levado um presente repleto de valor simbólico: um cálice para a ceia do Senhor.

“Eu acredito que esse sinal significa algo.” Francisco tinha dito, na época, que cada um podia fazer um exame de consciência e fazer o que a sua fé lhe exigia. (...)

“Eu espero, em particular, para a Alemanha, uma solução para os casamentos mistos – os cônjuges deveriam poder participar da eucaristia católica e da ceia protestante”, disse Ulrich. “Nós, protestantes, não temos nenhum problema em aceitar cristãos católicos e cristãs católicas na ceia do Senhor, mas o contrário não é possível.” Na liturgia, diz-se que “todos são convidados para a mesa do Senhor”. Mas Roma não admite os protestantes. “E eu noto isso com dor.”

As Igrejas cristãs lembram com a celebração da ceia do Senhor a última ceia de Cristo com os 12 apóstolos, relatada na Bíblia. Na noite anterior à crucificação, Jesus, segundo a fé cristã, partilhou pão e vinho, e pediu aos Seus discípulos que celebrassem essa ceia no futuro em memória da Sua morte. Essa celebração, ainda hoje, nas comunidades de fé cristã, é o ponto culminante da liturgia.

Para os católicos, na eucaristia, o pão e o vinho são diretamente corpo e sangue de Cristo. Para os evangélicos, na celebração da ceia do Senhor, o pão e o vinho estão ligados à presença de Cristo.

Leia mais:

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Ceia evangélica e eucaristia católica: luteranos desejam uma ceia comum - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV