“Neste momento triste”, Papa Francisco pede orações pelo povo brasileiro. Visita ao Brasil em 2017: "Não sei se será possível"

Revista ihu on-line

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Mais Lidos

  • Papa Francisco tem o seu próprio ''Sínodo do Cadáver''

    LER MAIS
  • “A Igreja, e principalmente a Igreja na Amazônia, não será mais a mesma após este Sínodo”. Entrevista com o Pastor Inácio Lemke

    LER MAIS
  • Chile. O orgulho de resistir tomou as ruas

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

03 Setembro 2016

“Em 2013 eu prometera que voltaria no próximo ano ao Brasil: não sei se será possível”. O Papa duvida. Não está seguro se poderá cumprir a promessa e visitar mais uma vez o Brasil.

Ele falou isto, neste sábado, quando abençoou uma réplica de Nossa Senhora Aparecida que foi colocada nos Jardins do Vaticano.

A informação é publicada por Vatican Insider, 03-09-2016.  A tradução é de IHU On-Line.

Ele havia se comprometido de voltar ao santuário de Aparecida em 2017, quando se cumprem 300 anos do achado da estátua original. Mas a crise política afasta cada vez essa possibilidade.

Por iniciativa da embaixada brasileira ante a Santa Sé e a Arquidiocese de Aparecida, guiada pelo cardeal Raymundo Damasceno Assis, a virgem negra chegou até o Vaticano. Na cerimônia de inauguração ante autoridades religiosas e civis, o Papa tomou a palavra e expressou as suas dúvidas. Não somente, mas também se mostrou muito preocupado com a sorte dos mais pobres e desfavorecidos.

“Convido-lhes a rezar para que ela continue a custodiar todo o Brasil, todo o povo brasileiro, neste momento triste; que proteja os pobres, os descartados, os anciãos, os abandonados, as crianças que vivem na rua”, disse.

Antes tinha confessado: “Estou contente que a imagem de Nossa Senhora Aparecida esteja nos jardins. Em 2013 prometera que voltaria ao Brasil no próximo ano: não sei se será possível, mas ao menos a terei aqui mais próxima”.

Pediu também que a virgem cuide dos que são “descartados” e postos nas mãos dos “exploradores de todo tipo”, que salve a seu povo com a justiça social e com o amor de Jesus Cristo.

Recordou  que a pequena estátua de Aparecida foi encontrada por pobres trabalhadores e desejou que atualmente seja “encontrada por todos”, de modo especial por aqueles que estão desempregados, que necessitam de educação e pelos que estão privados da igualdade.

No dia 24 de julho de 2013, ainda nos primeiros meses depois da sua eleição pontifícia, o Papa Francisco foi até o santuário de Aparecida, em São Paulo. Nesse mesmo lugar, em 2007, teve um papel relevante na assembleia dos bispos da América Latina. Vários observadores consideram que sua participação nesta conferência – na qual foi presidente da Comissão que redigiu o documento conclusivo – foi fundamental no caminho que o levaria ao papado.

Naquela visita, já como Papa, Jorge Maria Bergoglio prometeu que voltaria em 2017, quando se celebra o 300º aniversário do achado da estátua da virgem morena.

Segundo Vatican Insider pode saber, a dúvida do Papa provém da situação de instabilidade política no Brasil depois do processo de ‘impeachment’ que determinou a remoção da presidente Dilma Rousseff.

Nestes últimos dias se soube que Francisco escreveu uma carta pessoal para Dilma, mas o conteúdo não foi tornado público.

A visita apostólica para a Colômbia, na primeira metade do ano que vem, já está confirmada. Por isso Francisco pensara em unir a esta viagem a etapa brasileira. Mas este plano se torna mais improvável, sobretudo por causa da crise institucional de destino incerto.
 

Leia mais...

A carta de Lula ao Papa Francisco. Veja a íntegra
A carta de Lula ao Papa Francisco. Veja a íntegra em espanhol
Carta pessoal do papa à presidente afastada Dilma Rousseff: a história do "golpe branco"
“Temem que o povo me eleja em 2018”, afirma Lula ao papa Francisco

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

“Neste momento triste”, Papa Francisco pede orações pelo povo brasileiro. Visita ao Brasil em 2017: "Não sei se será possível" - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV