Um golpe duro contra o cardeal Cipriani

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • Irreverência

    LER MAIS
  • Uma prova do conclave. O próximo papa assumirá o nome da Comunidade de Santo Egídio

    LER MAIS
  • “Eu estou tirando Deus da Bíblia”. Entrevista com Marc-Alain Ouaknin

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

16 Agosto 2016

Por decisão do Papa Francisco, comunicada pelo cardeal Pietro Parolin ao presidente da Conferência Episcopal do Peru, Dom Salvador Piñeiro, alguns bispos voltaram a participar do mais alto governo das pontifícia universidade.

A reportagem é de Francesco Strazzari, publicada no sítio Settimana News, 15-08-2016. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

No dia 13 de agosto, os bispos eleitos pelo Conselho Permanente da Conferência Episcopal visitaram a reitoria da universidade para comunicar a decisão corajosa do papa de voltar a fazer parte do governo da universidade.

Os cinco bispos que fazem parte da assembleia universitária da PUCP são: Dom Salvador Piñeiro, Dom Miguel Cabrejos OFM, Dom Pedro Barreto SJ, Dom Norberto Strotmann MSC, renomado teólogo, e Dom Gaetano Galbusera SDB.

Canta-se a vitória, depois de anos de discussões, condenações, suspeitas. Um golpe duro contra o cardeal Juan Luis Cipriani, da Opus Dei, arcebispo de Lima, que lutou arduamente para que fosse mudado completamente o curso da universidade, considerado contrário às diretrizes romanas.

Prevaleceu a sensibilidade eclesial do Papa Francisco, e, mais uma vez, fez-se sentir a habilidade diplomática do secretário de Estado vaticano. Os cinco bispos que fazem parte da assembleia universitária são nomes muito conhecidos e apreciados no Peru, certamente não na linha do cardeal Cipriani e de outros bispos, que dividem o episcopado peruano.

Repudiado por acontecimentos tristes e clamorosos, como, por exemplo, o caso do Sodalício de Vida Cristã, o arcebispo, no limiar da renúncia por motivos de idade, deixará a arquidiocese em um clima inquietante.

Já correm os nomes do sucessor, que deverá fazer as contas com uma situação que foi piorando cada vez mais. A solução tomada traz um pouco de luz e, espera-se, também de serenidade.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Um golpe duro contra o cardeal Cipriani - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV