Mais de 35 milhões de brasileiros vivem sem saneamento básico

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • Bartomeu Melià: jesuíta e antropólogo evangelizado pelos guarani (1932-2019)

    LER MAIS
  • Bolsonaro institui o Dia do Rodeio na Festa de São Francisco de Assis

    LER MAIS
  • “O transumanismo acredita que o ser humano está em um suporte equivocado”, afirma filósofo

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

15 Junho 2016

A falta de tratamento adequado do esgoto provoca doenças como diarreias, verminoses, esquistossomose, hepatite A, dengue, zika e chikungunya

A reportagem foi publicada por Agência Brasil, 14-06-2016.

Em entrevista ao Revista Brasil, o presidente-executivo do Instituto Trata Brasil, Édison Carlos, falou sobre a carência de saneamento básico no Brasil.

“Estamos muito longe do que a gente poderia chamar de um país desenvolvido do ponto de vista sanitário. A gente não consegue levar coleta de esgoto para metade da população brasileira”, critica o presidente do Trata Brasil.

Édison explica que o Trata Brasil busca informar o cidadão brasileiro da situação onde ele vive para que ele possa cobrar providências das autoridades.
Inserir o aúdio

Saiba mais sobre o assunto, ouvindo a entrevista na íntegra clicando na imagem:



Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Mais de 35 milhões de brasileiros vivem sem saneamento básico - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV