Obama orienta escolas a permitir que transgêneros usem qualquer banheiro

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • “Não podemos colocar a questão do celibato acima da celebração da Eucaristia!”, afirma dom Erwin Kräutler

    LER MAIS
  • Nunca um presidente foi tão vulgar com uma mulher. Espere o efeito bumerangue

    LER MAIS
  • O esgotamento do desenvolvimento: a confissão da Cepal. Artigo de Eduardo Gudynas

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

13 Mai 2016

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, enviará nesta sexta-feira (13) uma carta às escolas de todo o país recomendando que seus diretores permitam que alunos transgêneros possam usar qualquer um dos banheiros.

A decisão deverá alimentar o debate sobre os direitos dos transgêneros, provocado pela lei aprovada na Carolina do Norte determinando que eles só possam usar os sanitários referentes aos seus gêneros de nascimento.

A informação é publicada por portal Uol, 13-05-2016.

Segundo "The New York Times", membros do governo americano afirmam que a carta de recomendação de Obama descreverá o que as instituições deverão fazer para evitar discriminação dos estudantes.

"Temos que garantir que jovens saibam que, não importa como sejam, eles têm a oportunidade de conseguir uma boa educação em um ambiente sem discriminação, perseguição e violência", disse o secretário de Educação, John B. King.

Embora ela não tenha força de lei, quem não seguir as orientações do governo poderá ser alvo de ações judiciais ou perder ajuda financeira do governo. Por esse motivo, deverá provocar críticas, principalmente dos republicanos.

Os adversários dos presidente consideram que a imposição de valores pode não refletir as práticas de comunidades diferentes em todo o país. O argumento é usado principalmente por líderes religiosos ou conservadores.

Apesar disso, a Justiça americana deu sinais de que poderá derrubar decisões que impeçam a identidade de gênero, posto que as escolas "não podem exigir que os transgêneros usem banheiros inconsistentes com sua identidade".

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obama orienta escolas a permitir que transgêneros usem qualquer banheiro - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV