Laudato Si’ e a escuta do saber

Revista ihu on-line

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Mais Lidos

  • O psicanalista analisa o "vazio de sentido". "A técnica domina, a política não decide, os jovens consomem e ponto". Entrevista com Umberto Galimberti

    LER MAIS
  • Necropolítica Bacurau

    LER MAIS
  • ''Estamos vendo o início da era da barbárie climática.'' Entrevista com Naomi Klein

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

12 Abril 2016

Instituto Humanitas Unisinos promove momento de reflexão sobre os desafios da questão ambiental na contemporaneidade a partir do documento apostólico

Lucas Henrique da Luz e Ana María Formoso
Foto: Leslie Chaves / IHU
Lançada em junho de 2015, a primeira Encíclica do Papa Francisco foi avaliada por uma série de especialistas de diferentes áreas como um dos documentos mais contundentes a respeito da importância do meio ambiente e da responsabilidade dos governantes e das sociedades ao redor do mundo de conter a degradação da natureza e construir modos de viver mais solidários e principalmente sustentáveis.

Os consistentes dados, tanto do ponto de vista científico quanto do reflexivo, de Laudato Si’ foram o foco da mesa-redonda promovida pelo Instituto Humanitas Unisinos na noite da última sexta-feira, 08-04-2016, na sala Ignacio Ellacuría e Companheiros – IHU. O evento faz parte da 13ª edição da Páscoa IHU, que neste ano traz o Ciclo de atividades O cuidado de nossa Casa Comum, como fio condutor. A programação começou em 10-03-2016 e se estende até 03-05-2016 com diferentes ações com o objetivo de debater de maneira transdisciplinar temas como crise ambiental, ecologia integral, gestão ambiental, teologia da criação e diferentes iniciativas voltadas para o cuidado do meio ambiente e sustentabilidade.

Susana Rocca
Foto: Leslie Chaves / IHU
A mesa-redonda coordenada pela professora Susana Rocca teve a participação de Lucas Henrique da Luz, professor e um dos coordenadores do curso de Administração da Unisinos e integrante do IHU, e Ana María Formoso, teóloga e pesquisadora da Unisinos em pesquisa coordenada pelo professor Telmo Adans.

A conversa começou com uma apresentação da Encíclica, onde foram abordados os seis capítulos do documento: O que está acontecendo com nossa casa, O Evangelho da criação, A raiz humana da crise ecológica, Uma ecologia integral, Algumas linhas de orientação e ação e Educação e espiritualidade ecológicas. “Essas questões fazem parte da minha formação acadêmica e da minha vida. Agradeço muito a oportunidade de poder dialogar sobre esses temas dentro da ampla programação desse ciclo de atividades que propõe a comunicação e integração entre os campos acadêmico, profissional, o cotidiano e os diferentes credos”, relatou a Ana María Formoso ao abordar as contribuições da Laudato Si’.

 

Ana María Formoso
Foto: Leslie Chaves / IHU
A professora ressaltou ainda o método de elaboração da Encíclica. “Esse documento é resultado da cooperação de diversos pesquisadores. Trata-se de uma metodologia que buscou escutar múltiplas vozes que ecoaram da Patagônia aos Estados Unidos, passando pelo continente africano e muitos outros recantos do mundo. Essa maneira de trabalhar vai na contramão da academia tradicional que em geral acaba valorizando o trabalho produzido individualmente pelos pesquisadores, que precisam atender às exigências de produção acadêmica”, frisa.

Lucas Henrique da Luz abordou mais profundamente o primeiro capítulo da Laudato Si’, que trata da situação do meio ambiente na contemporaneidade. “Nós aumentamos absurdamente nossa capacidade produtiva e consequentemente de intervenção na natureza. Entretanto, a evolução e capacidade de regeneração biológicas não acompanham a velocidade das grandes transformações tecnocientíficas que estamos vivendo”, contata.

 

Para o professor, através dessa Encíclica “o Papa nos chama a tomar a dolorosa consciência, que se refere a nos sentirmos tocados pelos problemas que estão se passando com o ambiente no mundo todo e nos mobilizarmos para pensar que contribuições podemos oferecer para enfrentar a crise sistêmica que estamos atravessando.”

 

Lucas Henrique da Luz
Foto: Leslie Chaves / IHU
Sobre o teor das reflexões expressas em Laudato Si’, o professor ainda ressalta que “falar da Casa Comum é falar sobre nós mesmos, pois a natureza faz parte da gente e nós fazemos parte dela. Dessa maneira, esse documento diz coisas das quais já sabemos, porém saber não é o mesmo que escutar, que atentar para as questões, justamente o que precisamos nesse momento.”

Os conferencistas

Ana María Formoso é graduada e mestre em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS e doutora em Educação pela Unisinos, onde atualmente é pesquisadora em investigação coordenada pelo professor Telmo Adans.

Lucas Henrique da Luz é graduado em Administração com habilitação em Recursos Humanos, mestre em Ciências Sociais Aplicadas e doutorando em Administração pela Unisinos, tendo realizado estágio doutoral em Ciências da Informação e Comunicação na Université de Poitiers, França. Atualmente é professor e um dos coordenadores do curso de Administração da Unisinos e integrante do Intituto Humanitas Unisinos - IHU.

 

Fique atento

Para quem não teve oportunidade de acompanhar as discussões no último dia 08-04-2016, nesta quarta-feira, 13-04-2016, das 9h às 11h, na sala Ignacio Ellacuría e Companheiros – IHU, haverá outra edição da mesa-redonda sobre a Carta Encíclica Laudato Si. O evento terá a coordenação de Jéferson Rodrigues, mestre em teologia integrante do IHU, do professor Lucas Henrique da Luz, que esteve na edição da semana anterior, de Laércio Pilz, professor do departamento de Ciências Humanas da Unisinos, e Gilmar Zampieri, professor do Centro Universitário La Salle - UNILASALLE e da Escola Superior de Tecnologia e Espiritualidade Fransciscana – ESTEF.

Por Leslie Chaves

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Laudato Si’ e a escuta do saber - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV