Líder da campanha contra bispas é elevado a bispo na tentativa de evitar divisão na Igreja Anglicana

Revista ihu on-line

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Grande Sertão: Veredas. Travessias

Edição: 538

Leia mais

Grande Sertão: Veredas. Travessias

Edição: 538

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Mais Lidos

  • ''Há um plano para forçar Bergoglio a renunciar', denuncia Arturo Sosa

    LER MAIS
  • EUA: um complô para fazer com que o papa renuncie

    LER MAIS
  • “Construímos cidades para que as pessoas invistam, não para que vivam”. Entrevista com David Harvey

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

11 Maio 2015

O líder da campanha contra o episcopado feminino na Igreja da Inglaterra foi nomeado bispo em uma manobra destinada a evitar uma divisão ou um êxodo de tradicionalistas.

A reportagem é de John Bingham, publicada no sítio do jornal britânico The Telegraph, 05-05-2015. A tradução é de Claudia Sbardelotto,

Prebendary Rod Thomas, influente presidente do grupo Reform, é amplamente conhecido por orquestrar tentativas anteriores a fim de derrubar as propostas de abrir o episcopado às mulheres, insistindo que os planos não fizeram uma "provisão" adequada para os tradicionalistas que se opõem por razões teológicas.

Agora, com as bispas finalmente sendo uma realidade, ele foi nomeado para um novo cargo para ministrar especificamente aos membros da crescente ala evangélica conservadora da Igreja de um modo semelhante ao dos "bispos voadores", medida introduzida na década de 1990 para servir os anglo-católicos.

A ele será dado o título de bispo de Maidstone, ocupando a sede que está vaga dentro do arcebispado de Canterbury, diocese de Justin Welby. A sede está sendo reestabelecida especificamente para esse propósito.

O arcebispo disse que espera que a nomeação possa satisfazer aqueles que resistiram à mudança e que eles sintam que ainda têm um "lugar respeitado" dentro da Igreja da Inglaterra, apesar da esmagadora votação no Sínodo Geral ano passado, que abriu o caminho para a nomeação das três primeiras bispas.

Ele disse esperar que possa haver "florescimento mútuo", apesar das divergências fundamentais sobre o ensino bíblico sobre os papéis dos homens e das mulheres.

Thomas não só mobilizou a oposição para a ordenação de bispas no Sínodo Geral, mas também fez conexões com um grupo separatista de congregações tradicionalistas na Inglaterra que se descrevem como anglicanas, mas que operam fora da Igreja da Inglaterra.

Entretanto, ele enfatizou que estaria trabalhando "dentro" da Igreja da Inglaterra e disse que queria servir a toda a Igreja, incluindo aqueles que discordavam dele sobre a questão do ministério das mulheres.

Embora muitos dos que deixaram a Igreja da Inglaterra depois que as mulheres se tornaram sacerdotes na década de 1990 fossem da ala anglo-católica ou tradicionalista, a oposição aos bispos do sexo feminino foi dominada por evangélicos conservadores, que representam amplamente a tradição puritana.

Estima-se que o grupo represente cerca de 10% dos fiéis anglicanos regulares, e inclui algumas das únicas congregações que tiveram um crescimento significativo nos últimos anos.

Elas interpretam passagens da Bíblia no sentido de que só os homens podem ter um "lugar de comando".

Ao falar sobre o anúncio de sua nomeação ao Downing Street, o reverendo Thomas admitiu que não tinha imaginado durante as demoradas batalhas sobre as mulheres que ele iria um dia ser bispo.

"Eu pensei que tinha feito a maioria das coisas necessárias para evitar isso", ele brincou. E acrescentou: "Eu acho que há muita coisa que pode ser feita para promover o processo de florescimento mútuo e acho que posso desempenhar um papel positivo nesse sentido. É algo que eu certamente espero".

O arcebispo Welby afirmou: "Rod tem sido alguém que particularmente se envolveu com muita firmeza, de forma construtiva e - não poupando seus blushes - tratou invariavelmente com extrema polidez as questões teológicas que estamos lidando e até mesmo aqueles que discordavam com ele fortemente o respeitam e admiram a maneira pela qual ele tem tratado esse assunto".

Perguntado se ele esperava que isso levasse a deserções para Igrejas tradicionalistas, disse: "As pessoas são adultas; elas vão tomar suas próprias decisões e isso é seu direito".

"O que isso significa é que toda a Igreja leva muito a sério o nosso desejo de que todas as partes da Igreja, unidas no amor a Cristo, mesmo se divididas sobre outras questões, possam florescer e crescer".

A reverenda Jody Stowell, do grupo Watch (Women and The Church - [Mulheres e a Igreja]), que liderou a campanha em favor de mulheres no episcopado, disse: "Devemos ter cuidado para que isso não crie uma Igreja dentro da Igreja".

"Eu estou contente que Rod se vê como um bispo para a Igreja da Inglaterra, mas o que isso significa na realidade? Nós realmente não podemos saber até que isso aconteça".

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Líder da campanha contra bispas é elevado a bispo na tentativa de evitar divisão na Igreja Anglicana - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV