Desperdício de alimentos na América Latina chega a 15% da produção

Revista ihu on-line

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

Mais Lidos

  • Instrumentum Laboris do Sínodo para a Amazônia, um novo passo de “um 'kairós' para a Igreja e o mundo”

    LER MAIS
  • “Minha filha trans e católica é uma prova viva de como o Vaticano está errado em relação ao gênero”

    LER MAIS
  • Anule-se tudo que aconteceu a partir da criação da Lava Jato

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

26 Março 2014

A cada ano, 15% dos alimentos produzidos na América Latina - equivalentes a 80 milhões de toneladas - são desperdiçados, 6% do total que o mundo perde. O desperdício representa, do ponto de vista da nutrição, um quarto dos componentes energéticos - ou 450 quilocalorias - que uma pessoa precisa diariamente para viver.

A reportagem é publicada pela Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação (ALC), 25-03-2014.

Do lado do consumo, a data de validade dos produtos é um fator que contribui para as perdas, informa matéria publicada por EcoDebate. O consumidor tende a pensar que não é seguro ingerir um alimento após esse prazo, apesar das advertências em contrário de especialistas.

Do lado da produção, o desperdício se deve principalmente à colheita ineficiente ou prematura, às condições climáticas, ou de excesso de chuvas ou de seca. Os demais fatores de desperdício de alimentos na região se devem a falhas de armazenamento - 22% do total -, de distribuição e mercado - 16% - e de processamento - 6%.

No México, 37% das produção agropecuária do país são desperdiçadas, o que representa 10 milhões de toneladas por ano. "O desperdício de alimentos supõe terríveis perdas no investimento em agricultura e nos insumos de energia necessários para produzir comida", explicou José Cuesta, especialista em pobreza do Banco Mundial e autor do Food Price Watch, que monitora o preço mundial dos alimentos e seus efeitos socioeconômicos na população.

A América Latina é a região do mundo que menos desperdiça alimentos. Nos países desenvolvidos a proporção pode alcançar mais de um terço da produção total de alimentos.

Veja também:

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Desperdício de alimentos na América Latina chega a 15% da produção - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV