Haiti. Gangue liberta dois missionários sequestrados

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • Reitor da Unisinos rejeita medalha oferecida pelo Itamaraty

    LER MAIS
  • Carta dos epidemiologistas à população brasileira

    LER MAIS
  • A Bíblia como vocês nunca leram

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


25 Novembro 2021

 

O Ministério de Ajuda Cristã, de Ohio, Estados Unidos, informou a libertação de dois dos 17 missionários sequestrados em 16 de outubro, no Haiti, pela gangue conhecida como 400 Mawozo. Liderada por Wilson Joseph, a gangue pede 1 milhão de dólares (cerca de 5,6 milhões ) por pessoa para libertá-los do cativeiro.

 

A reportagem é de Edelberto Behs, jornalista. 

 

A organização religiosa evitou dar detalhes sobre a libertação dos dois missionários. “Não podemos fornecer ou confirmar os nomes dos libertados, os motivos de sua libertação, de onde são ou a sua localização atual”, justificou em nota emitida no dia 22 de novembro. Anunciou, no entanto, que os libertados estão “seguros, de bom humor e sendo cuidados”.

Uma fonte informou ao The Miami Herald que os dois missionários libertados eram adultos, que estavam doentes, e que nenhum resgate foi pago.

Vídeo que começou a circular em redes sociais mostra o líder do 400 Mazowo afirmando que não estava satisfeito com o ritmo das negociações para a libertação dos missionários. “Juro com toda a força que, se eu não conseguir o que estou pedindo, colocarei uma bala na cabeça desses americanos”, ameaçou.

Continuam em cativeiros quatro homens, seis mulheres e cinco crianças, 14 estadunidenses e um canadense.

 

Leia mais

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Haiti. Gangue liberta dois missionários sequestrados - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV