Agronegócio, indústria e construção civil saem em defesa da “boiada” de Salles

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Pedro descansa onde ele sonhou, na beira do Araguaia, entre um peão e uma prostituta

    LER MAIS
  • Sobre a carta dos bispos. Profetismo incompreendido

    LER MAIS
  • Bolsonaro quer reduzir em R$ 35 bilhões o orçamento do SUS para 2021

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


28 Mai 2020

Associações da indústria, agronegócio, construção civil, mercado imobiliário e setor de processamento assinam um anúncio de página inteira nos principais jornais do país em favor do ministro Ricardo Salles, alvo de críticas após sugerir que o governo aproveite a pandemia para “ir passando a boiada” e flexibilizar leis ambientais. Segundo o anúncio, assinado por quatro grandes confederações nacionais e dezenas de associações de classe, “a burocracia também devasta”.

A reportagem é de Daniele Bragança, publicada por O Eco, 27-05-2020.

O manifesto foi publicado nos jornais Folha de S. Paulo e Estado de S. Paulo.

“Condenamos, também, a agenda burocrática que utiliza a bandeira ambiental como instrumento para o travamento ideológico e irrazoável de atividades econômicas cumpridoras das leis e essenciais ao desenvolvimento do País. Tal agenda afasta investimentos e subtrai empregos, gerando pobreza em vez de respeito ao meio ambiente”, escreveram as entidades. “As ações do Ministério do Meio Ambiente, na defesa da legislação e dos interesses ambientais com sensibilidade ao desenvolvimento do País de forma sustentável e legítima, contam com o nosso total apoio”.

O anúncio é assinado por 4 confederações [Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Confederação Nacional de Serviços (CNS)], dezenas de associações setoriais, como a de frigoríficos (Abrafrigo), de Higiene Pessoal (ABIHPEC) e mais de 30 sindicatos, a maioria ligada à construção civil.

Entidades como a Sociedade Rural Brasileira, a Associação Brasileira dos Produtores de Soja (APROSOJA) e a União da Indústria de Cana de Açúcar (ÚNICA) também assinam o anúncio publicitário. Salles foi ex-diretor jurídico da Sociedade Rural Brasileira (SRB).

Nesta segunda-feira (25), o Centro das Indústrias do Pará, entidade vinculada à Federação das Indústrias do Estado do Pará (Fiepa), também declarou apoio ao ministro do Meio Ambiente e ao presidente Jair Bolsonaro.

ONGs questionam marcas

ONGs como o Observatório do Clima e o Greenpeace questionaram nas redes sociais empresas colegiadas das associações e entidades de classe que assinaram o manifesto pró-Salles. As empresas Avon e Natura, que integram o Conselho da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), e o complexo turístico Beach Park, que integra a Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil (ADIT Brasil), afirmaram que não foram consultadas sobre o anúncio e que não concordam com o posicionamento das entidades.

“Os índices de desmatamento no Brasil são alarmantes e existe uma urgência real por mais fiscalização e cumprimento da legislação. A gente discorda dessa manifestação de apoio”, disse a Natura.

No meio ambiente, a burocracia também devasta.

As entidades abaixo reafirmam seu compromisso com a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento sustentável, condenando os infratores que, além de causarem prejuízos ambientais e à imagem do País, praticam concorrência desleal às empresas regulares e responsáveis. Condenamos, também, a agenda burocrática que utiliza a bandeira ambiental como instrumento para o travamento ideológico e irrazoável de atividades econômicas cumpridoras das leis e essenciais ao desenvolvimento do País. Tal agenda afasta investimentos e subtrai empregos, gerando pobreza em vez de respeito ao meio ambiente.

As ações do Ministério do Meio Ambiente, na defesa da legislação e dos interesses ambientais com sensibilidade ao desenvolvimento do País de forma sustentável e legítima, contam com o nosso total apoio.

CNA – Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil | CNC – Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo | CNI – Confederação Nacional da Indústria | CNS – Confederação Nacional de Serviços | CBIC – Câmara Brasileira da Indústria da Construção | AABIC – Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo | ABIFER – Associação Brasileira da Indústria Ferroviária | ABIHPEC – Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos – João Carlos Basílio | ABRA – Associação Brasileira de Reciclagem Animal | ABRAINC – Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias | ABRAFRIGO – Associação Brasileira de Frigoríficos | ABRAFRUTAS – Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frutas e Derivados | ABRINSTAL – Associação Brasileira pela Conformidade e Eficiência de Instalação | ACEBRA – Associação das Empresas Cerealistas do Brasil | ACSP – Associação Comercial de São Paulo | ADEMI-BA – Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia | ADEMI-DF – Associação de Empresas do Mercado Imobiliário do Distrito Federal | ADEMI-RIO – Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Rio de Janeiro | ADEMI-PE – Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário de Pernambuco | ADIT BRASIL – Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil | ADVB – Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil | AEERJ – Associação das Empresas de Engenharia do Rio de Janeiro | AELO – Associação das Empresas de Loteamento e Desenvolvimento Urbano | AFCESBA – Associação dos Fornecedores de Cana do Extremo Sul da Bahia | AFCP – Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco | ALSHOP – Associação Brasileira de Lojistas de Shopping | ALCOPAR – Associação de Produtores de Bioenergia do Estado do Paraná | APEOP PR – Associação Paranaense dos Empresários de Obras Públicas | APROFIR – Associação dos Produtores de Feijão, Trigo e Irrigantes de Mato Grosso | APROSOJA BRASIL – Associação Brasileira dos Produtores de Soja | Associação dos Fornecedores de Cana de Araraquara | ASPIPP – Associação do Sudoeste Paulista de Irrigantes e Plantio na Palha | ASPLAN – Associação dos Fornecedores de Cana de Alagoas | ASPLANA RN – Associação dos Fornecedores de Cana do Rio Grande do Norte | ASPLANA SE – Associação dos Fornecedores de Cana de Sergipe | ASSOVALE – Associação Rural do Vale do Rio Pardo | ASBRACO DF – Associação Brasileira de Construtores | BRASINFRA – Associação Brasileira dos Sindicatos e Associações de Classe de Infraestrutura | CANASOL – Associação dos Fornecedores de Cana de Araraquara | COAF – Cooperativa dos Produtores de Cana – PE | CBDFP – Conselho Brasileiro do Feijão e Pulses | Federação de Serviços do Estado de São Paulo | FENAPC – Federação Nacional dos Pequenos Construtores | FEPLANA – Federação dos Plantadores de Cana do Brasil | FIABCI-BRASIL – Federação Internacional Imobiliária | IBRAFE – Instituto Brasileiro De Feijão e Pulses e Colheitas Especiais | IE – Instituto de Engenharia | ORPLANA – Organização de Associações de Produtores de Cana do Brasil | SECOVI-SP – Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo | SECOVI-PB – Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis e dos Condomínios Residenciais e Comerciais do Estado da Paraíba | SIAPAR – Sindicato da Indústria do Açúcar do Estado do Paraná | SIALPAR – Sindicato da Indústria de Fabricação de Álcool do Estado do Paraná | SIBIOPAR – Sindicato de Indústria de Produção de Biodiesel do Estado do Paraná | SINAENCO – Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva | Sindicato Rural De Sorriso – Mato Grosso | SINDUSCON-AL – Sindicato da Indústria da Construção do Estado de Alagoas | SINDUSCON BLUMENAU – Sindicato da Indústria da Construção Civil de Blumenau | SINDUSCON CAXIAS DO SUL – Sindicato da Indústria da Construção Civil de Caxias do Sul | SINDUSCON COSTA ESMERALDA – Sindicato das Indústrias da Construção Civil da Costa Esmeralda | SINDUSCON-GO – Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de Goiás | SINDUSCON ITAJAÍ – Sindicato da Indústria da Construção Civil dos Municípios da Foz do Rio Itajaí | SINDUSCON JOINVILLE – Sindicato da Indústria da Construção Civil de Joinville | SINDUSCON-JP – Sindicato da Indústria da Construção Civil de João Pessoa | SINDUSCON MG – Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de Minas Gerais. | SINDUSCON MG – Sindicato da Indústria da Construção Civil do Centro Oeste de Minas. | SINDUSCON MS – Sindicato Intermunicipal da Indústria da Construção do Estado de Mato Grosso do Sul | SINDUSCON MT – Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de Mato Grosso. | SINDUSCON-PA – Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Pará | SINDUSCON-PB – Sindicato da Indústria da Construção e do Mobiliário do Estado da Paraíba | SINDUSCON-PE – Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Pernambuco | SINDUSCON-PI – Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Piauí | SINDUSCON-PR – Sindicato da Indústria da Construção Civil do Paraná | SINDUSCON/PR NOROESTE – Sindicato da Indústria da Construção Civil da Região Noroeste do Estado do Paraná | SINDUSCON/PR NORTE – Sindicato da Indústria da Construção Civil do Norte do Paraná | SINDUSCON/PR OESTE – Sindicato da Indústria da Construção Civil do Oeste do Paraná | SINDUSCON RJ – Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Rio de Janeiro | SINDUSCON-RN – Sindicato da Indústria da Construção Civil do Rio Grande do Norte | SINDUSCON-SP – Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo | SINDUSCON-VALE DO ITAPOCU (SC) – Sindicato da Indústria da Construção Civil e de Artefatos de Cimento Armado do Vale do Itapocu | SINDUSCON VALE UBERABA MG – Sindicato da Indústria da Construção Civil de Uberaba | SINICESP – Sindicato da Indústria da Construção Pesada do Estado de São Paulo | SISTEMA COFECI E CRECI Conselho Federal de Corretores de Imóveis | SIRAN – Sindicato Rural da Alta Noroeste | SOBRATEMA – Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração | SRB – Sociedade Rural Brasileira | SRP – Sociedade Rural do Paraná | ÚNICA – União da Indústria de Cana de Açúcar | UNIDA – União Nordestina dos Produtores de Cana.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Agronegócio, indústria e construção civil saem em defesa da “boiada” de Salles - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV