Papa ouve preocupações de cristãos gays em encontro com ativista contra a “terapia de conversão”

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • O que muda (para pior) no financiamento do SUS

    LER MAIS
  • Ou isto, ou aquilo

    LER MAIS
  • Desmatamento na Amazônia aumenta 212% em outubro deste ano, aponta Imazon

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

16 Novembro 2019

O Papa Francisco se reuniu na manhã dessa quinta-feira, 14, com Jayne Ozanne, uma proeminente anglicana gay que faz campanha contra a chamada “terapia de conversão”, um tratamento controverso que visa a forçar os cristãos gays a serem heterossexuais.

A reportagem é de Liz Dodd, publicada por The Tablet, 14-11-2019. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Durante a reunião, realizada após a missa na capela privada do papa na Casa Santa Marta, em Roma, Ozanne apresentou ao papa uma cópia de suas memórias, Just Love” [Apenas amor, em tradução livre], e as conclusões de uma pesquisa de 2018 sobre fé e sexualidade.

Em Just Love”, Ozanne descreve sua própria experiência como cristã gay, incluindo o impacto que a “terapia de conversão” provocou nela. Ela foi hospitalizada e ostracizada por muitos cristãos conservadores depois de se recuperar e de se revelar como gay.

Ozanne disse ao papa que ela era uma anglicana gay e cresceu em uma Igreja que lhe dizia que “ela nunca poderá ser esposa, mãe ou avó”. Contou ainda que tentou se torna hétero através da terapia de conversão, e que os tratamentos como a terapia de conversão têm um enorme impacto sobre os jovens, levando muitos a pensar no suicídio. Ela disse ao papa que a oração dela é “para que todos saibam que são filhos preciosos de Deus, do jeito que são”.

Questionada por um tradutor se ele sabia o que era a terapia de conversão, o Papa Francisco disse que sim.

O Papa Francisco então disse para Ozanne: “Por favor, reze por mim, e eu rezo por você”.

Após o encontro, Ozanne disse à The Tablet que nunca esquecerá o encontro. “Foi muito emocionante participar da missa com o papa hoje de manhã. Foi uma experiência que eu nunca esquecerei. O encontro com ele depois, o calor da sua acolhida e a sua bondade mostraram o tipo de pastor que ele realmente é.”

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Papa ouve preocupações de cristãos gays em encontro com ativista contra a “terapia de conversão” - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV