Frases do dia

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • O cálculo político de Ciro Gomes

    LER MAIS
  • Tomar a Bíblia ao pé da letra

    LER MAIS
  • A riqueza dos mais ricos cresce um trilhão durante a covid. O ranking dos patrimônios

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


05 Abril 2018

Candidato

“Não iam dar o golpe para me deixarem ser candidato” – Lula, ex-presidente da República, após o voto decisivo da ministra Rosa Weber – O Estado de S. Paulo, 06-04-2018.

Pouco tempo

“Isso foi para tentar tirar o Lula da eleição, mas podemos registrar a candidatura dele, mesmo preso. Acredito que Lula vai ficar pouco tempo na prisão” - José Américo Dias, deputado estadual PT –SP – O Estado de S. Paulo, 05-04-2018.

Novo processo

“A próxima decisão da Justiça envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será no processo em que é acusado de receber como propina da Odebrecht um terreno onde seria construída a nova sede do Instituto Lula e uma cobertura vizinha ao apartamento dele, em São Bernardo do Campo (SP). A Coluna apurou que a Justiça do Paraná vai abrir nos próximos dias prazo para as alegações finais. Essa etapa dura, em média, 30 dias e é seguida da sentença. A previsão é de que a decisão do juiz Sérgio Moro nesse caso saia ainda no primeiro semestre” – Coluna do EstadãoO Estado de S. Paulo, 05-04-2018.

Bolada

“As planilhas da Odebrecht revelaram que a compra do terreno e do imóvel custou R$ 12,5 milhões. Executivos da empreiteira confirmaram o pagamento de propina em delação premiada” – Coluna do Estadão – O Estado de S. Paulo, 05-04-2018.

Com a palavra

“A defesa de Lula tem negado as acusações de recebimento de propina. No caso do apartamento vizinho ao de Lula em São Bernardo, apresentou recibos de aluguel” – Coluna do Estadão – O Estado de S. Paulo, 05-04-2018.

Vem aí

“Lula, que já foi condenado no caso do triplex do Guarujá, enfrenta ao todo nove processos. O do sítio de Atibaia vai entrar em fase de oitiva das testemunhas de defesa e demora a ser finalizado” – Coluna do Estadão – O Estado de S. Paulo, 05-04-2018.

Você pagou com traição…

“Os quatro ministros nomeados pela ex-presidente Dilma ainda em atuação no Supremo votaram a favor da prisão imediata do ex-presidente Lula. São eles: Luiz Edson Fachin, Luiz Fux, Luís Roberto Barroso e Rosa Weber” – Coluna do Estadão – O Estado de S. Paulo, 05-04-2018.

Doeu

“Patrus Ananias, ex-ministro de Dilma, acompanhou do plenário do Supremo o julgamento do HC de Lula. Ficou com os olhos marejados depois do voto da ministra Rosa Weber pela prisão imediata. O plenário da Corte ficou esvaziado após a decisão dela” – Coluna do Estadão – O Estado de S. Paulo, 05-04-2018.

Como será o amanhã?

“Decisivo para o placar desfavorável a Lula, o voto de Rosa Weber fechou uma porta, mas abriu uma janela para o petista. Ao ressaltar que pessoalmente é contra a prisão em segunda instância, a ministra estimulou entidades que defendem o julgamento de ações que tratam da regra geral, e não de caso específico, a manter pressão para que o STF revise sua jurisprudência. Esse grupo admite, porém, que a corte só deve analisar o tema após setembro, já sob o comando de Dias Toffoli” – PainelFolha de S. Paulo, 05-04-2018.

Cada cabeça…

“Por ter se recusado a analisar o habeas corpus de Lula sob ótica mais abrangente, discutindo o mérito da prisão após a segunda instância, o voto de Rosa Weber mantém a loteria no STF. Cada ministro seguirá julgando recursos contra a antecipação de encarceramento do modo que considerar mais apropriado” – Painel – Folha de S. Paulo, 05-04-2018.

… uma sentença

“O efeito tende a ser diferente nas instâncias inferiores. Para integrantes do Judiciário, o resultado do habeas corpus de Lula deve consolidar a execução da pena após condenação em segunda instância” – Painel – Folha de S. Paulo, 05-04-2018.

Panos quentes

“Ao afirmar que os militares não devem impor sua vontade ao país, o comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do ar Nivaldo Luiz Rossato, amenizou o alarido causado pela mensagem do general Eduardo Villas Bôas, chefe do Exército” – Painel – Folha de S. Paulo, 05-04-2018.

E os russos?

“Sem uniformidade nos três comandos militares, nenhuma articulação irá adiante” – Painel – Folha de S. Paulo, 05-04-2018.


Abismo à vista

“A ministra Cármen Lúcia abriu o julgamento do habeas lembrando que o Supremo é o "responsável pela guarda da Constituição". É também, pode-se lembrar, corresponsável pelo desregramento no país e pelo destino frustrado da Constituição. Ou pelo abismo à vista” - Janio de Freitas, jornalista – Folha de S. Paulo, 05-04-2018.

PT e Villas Bôas

“O PT decidiu poupar o comandante do Exército, Eduardo Villas Bôas, de críticas mais contundentes por causa da mensagem que ele postou em redes sociais na terça (3), véspera do julgamento do habeas corpus de Lula, afirmando repudiar a “impunidade” –Mônica Bergamo, jornalista – Folha de S. Paulo, 05-04-2018.

Na lei

“Na visão de líderes do partido, o general é um democrata que tem “segurado as pontas” diante do clima de radicalização no país. A mensagem, por essa leitura, teria sido divulgada para apaziguar as pressões que ele estaria sofrendo da “extrema direita” dos quartéis” –Mônica Bergamo, jornalista – Folha de S. Paulo, 05-04-2018.

Turma

“Por esse entendimento, Villas Bôas soltaria o texto para não perder a legitimidade interna” –Mônica Bergamo, jornalista – Folha de S. Paulo, 05-04-2018.

Débil

“Um ministro do STF que votou contra Lula compartilha, no entanto, da mesma visão que o PT tem sobre o general. Mas acha que é preocupante que o militar tenha cedido às pressões” –Mônica Bergamo, jornalista – Folha de S. Paulo, 05-04-2018.

Canja

A possibilidade de militares intervirem mais diretamente na política foi objeto de conversa de dois ex-presidentes do STF (Supremo Tribunal Federal): Joaquim Barbosa e Carlos Ayres Britto. Eles compartilharam a mesma preocupação em conversa recente, antes mesmo da manifestação de Villas Bôas” –Mônica Bergamo, jornalista – Folha de S. Paulo, 05-04-2018.

Onde estávamos?

“Resta comentar a força do teatro, que consegue impelir um homem para cima de um palco e enfrentar uma guarnição de soldados romanos armados com lanças para vingar Jesus Cristo. E há no ato do nosso herói uma reprimenda implícita. Onde estávamos que não pulamos no palco para enfrentar todas as injustiças que nos revoltam, desde Gólgota?” – Luís Fernando Verissimo, escritor – O Estado de S. Paulo, 05-04-2018.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Frases do dia - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV