12 de setembro de 1989

Revista ihu on-line

Francisco Suárez e a transição da escolástica para a modernidade

Edição: 511

Leia mais

Pra onde ir - A crise do Rio Grande do Sul vai além da questão econômica

Edição: 510

Leia mais

Henry David Thoreau - A desobediência civil como forma de vida

Edição: 509

Leia mais

Mais Lidos

  • Seis brasileiros concentram a mesma riqueza que a metade da população mais pobre

    LER MAIS
  • Se eu estiver errado, corrijam-me. As sete heresias da Amoris Laetitia

    LER MAIS
  • Escravidão, e não corrupção, define sociedade brasileira, diz Jessé Souza

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU

12 Setembro 2017

Valdicio Barbosa dos Santos. Brasil, +1989.

Sindicalista rural de Pedro Canário (ES).

 Valdício Barbosa dos Santos, o Léo, 42 anos. O crime aconteceu por volta das 8 horas da manhã, na Região de Floresta do Sul, a 13 Km de Pedro Canário. Ele foi alvejado por três tiros. Léo era meeiro e presidente da associação de Trabalhadores Rurais de Pedro Canário. Seu nome estava na lista dos marcados para morrer. Léo era casado com Edite França Barbosa, pai de 7 filhos, saiu de casa levando sua filha para a Escola Família de Pinheiros. Depois reuniu-se com companheiros sindicalista, decidindo voltar para casa naquela noite. Mas por causa da onda de violência e das ameaças que as lideranças rurais estavam sofrendo na região, seus companheiros o convenceram a permanecer em Pinheiros e só retornar no outro dia. Porém,  os pistoleiros o aguardavam numa emboscada.

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Instituto Humanitas Unisinos - IHU - 12 de setembro de 1989