Lava Jato pesou na decisão de Serra em deixar ministério

Revista ihu on-line

Missões jesuíticas. Mundos que se revelam e se transformam

Edição: 530

Leia mais

Nietzsche. Da moral de rebanho à reconstrução genealógica do pensar

Edição: 529

Leia mais

China, nova potência mundial – Contradições e lógicas que vêm transformando o país

Edição: 528

Leia mais

Mais Lidos

  • Bolsonaro, sobre os bispos brasileiros: “eles são a parte podre da Igreja católica”

    LER MAIS
  • Planos de Bolsonaro para o meio ambiente deixam entidades em alerta

    LER MAIS
  • “Democracia: mudança com Justiça e Paz”. Nota pública das Pastorais Sociais da CNBB

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

23 Fevereiro 2017

O presidente Michel Temer tentou demover José Serra de pedir demissão do Ministério das Relações Exteriores. Disse que não tinha sentido ele deixar o cargo.

A informação é publicada por Coluna do Estadão, O Estado de S. Paulo, 23-02-2017.

A cúpula do PSDB soube pela imprensa do pedido de demissão de Serra. Além de problemas na saúde, também teria pesado a iminência da divulgação das delações da Odebrecht. Serra é citado como tendo recebido propina. Como ministro, ele ficaria muito em evidência.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Lava Jato pesou na decisão de Serra em deixar ministério - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV