Pela primeira vez, a Oração da Noite anglicana será realizada na Basílica de São Pedro

Revista ihu on-line

Populismo segundo Ernesto Laclau. Chave para uma democracia radical e plural

Edição: 508

Leia mais

Gênero e violência - Um debate sobre a vulnerabilidade de mulheres e LGBTs

Edição: 507

Leia mais

Os coletivos criminais e o aparato policial. A vida na periferia sob cerco

Edição: 506

Leia mais

Mais Lidos

  • Carta de um jovem católico: da Renovação Carismática à descoberta da Teologia da Libertação

    LER MAIS
  • Crueldade Social como política de Estado: cortes do Bolsa Família

    LER MAIS
  • Como a visão utópica do Vale do Silício pode estar levando o mundo ao capitalismo brutal

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

09 Fevereiro 2017

O Centro Anglicano de Roma anunciou que, no próximo dia 13 de março, será realizada a Oração Coral da Noite de acordo com o costume anglicano na Basílica de São Pedro. Será a primeira vez na história que o rito, em parte equivalente à Vésperas católicas, será celebrado no altar da Cátedra.

A reportagem é de Francesco Gagliano, publicada no sítio Il Sismografo, 07-02-2017. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

O evento será possível graças à permissão concedida pelo arcipreste de São Pedro, o cardeal Angelo Comastri, que aperfeiçoou os detalhes da celebração com o diretor do Centro Anglicano de Roma, o arcebispo David Moxon, que presidirá o serviço litúrgico. O pregador será o arcebispo católico inglês Arthur Roche, secretário da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos. A liturgia será animada pelo Coro do Merton College de Oxford.

Esse episódio também deve ser contextualizado no âmbito das celebrações do 50º aniversário do diálogo entre a Igreja Católica e a Igreja Anglicana e da instituição do Centro Anglicano em Roma. Há apenas cinco meses, o Papa Francisco e o arcebispo Justin Welby, celebrando juntos as Vésperas na Basílica de San Gregorio al Celio, recordaram esse importante aniversário.

A data da celebração do próximo dia 13 de março foi escolhida por ser a primeira disponível e a mais próxima do dia de São Gregório Magno, que se tornou informalmente o padroeiro das relações entre as duas Igrejas. Foi ele o pontífice que levou o cristianismo para a Grã-Bretanha, mediante a ação evangelizadora de alguns monges beneditinos do cenóbio romano de Sant’Andrea sul Celio, dentre os quais se recorda Santo Agostinho, que se tornou o primeiro arcebispo de Canterbury.

Leia mais:

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Instituto Humanitas Unisinos - IHU - Pela primeira vez, a Oração da Noite anglicana será realizada na Basílica de São Pedro