Vaticano realiza congresso sobre o tráfico de órgãos

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Um gargarejo nos salvará? Enxaguar a boca e o nariz por 30 segundos com produtos de uso comum reduz muito a carga viral

    LER MAIS
  • Nós precisamos repensar radicalmente a forma como vivemos e trabalhamos

    LER MAIS
  • As duas faces perversas da informalidade: sobretrabalho e intermitência

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


06 Janeiro 2017

Acontecerá na Casina Pio IV, no Vaticano, entre os dias 07 e 08 de fevereiro deste ano, um congresso dedicado ao tráfico de órgãos e ao chamado “turismo dos transplantes”. Participarão do evento, organizado pela Pontifícia Academia de Ciências, segundo indicou o sítio Il Sismografo, especialistas de mais de 20 países, que vão abordar aquela que foi reconhecida, inclusive pelo Vaticano, como a emergência que aumenta. Ao final das sessões de trabalho será redigida uma declaração que será divulgada em todo o mundo.

A reportagem é publicada por Vatican Insider, 04-01-2017. A tradução é de André Langer.

Funcionários públicos e fiscais, pesquisadores, juízes e jornalistas serão os participantes do Congresso, que pretende oferecer novas diretrizes para deter uma prática aberrante e que está aumentando em países pobres ou naqueles em que certo modelo de globalização criou grandes fraturas sociais, nos quais, muitas vezes, existem outras formas de exploração como a exploração sexual ou o trabalho infantil. As sessões de trabalho estarão organizadas em seis painéis com base na região dos participantes (América, África, Europa, Mediterrâneo oriental, Pacífico ocidental e Sudeste asiático).

O tráfico de órgãos e de pessoas com a finalidade de realizar transplantes são temas aos quais o Papa Francisco se referiu várias vezes, que os definiu como “novas formas de escravidão do século XXI”. Justamente por este motivo, o Pontífice dirigiu um convite para participar do próximo Congresso, mas ainda não se sabe nem foi confirmado se o Pontífice enviará uma mensagem para a abertura das sessões de trabalho.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Vaticano realiza congresso sobre o tráfico de órgãos - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV