Pell recorre ao advogado dos mafiosos australianos após ser acusado de abusos

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • ‘Cultura do descarte e do ódio’ de governantes atuais lembra Hitler, confessa papa Francisco

    LER MAIS
  • O que suponho que Lula deveria dizer. Artigo de Tarso Genro

    LER MAIS
  • Bolívia. Sojeiros brasileiros compõem movimento político que derrubou Evo Morales

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

19 Outubro 2016

Robert Richter, um dos advogados mais famosos da Austrália, pode ter ajudado um dos mafiosos mais importantes do país a evitar uma condenação por assassinato. Agora, o cardeal George Pell poderá ter entrado na lista de clientes, por causa da investigação sobre a suposta conduta inapropriada do prelado em Ballarat, na década de 1970.

A reportagem é de Cameron Doody e publicada por Religión Digital, 18-10-2016. A tradução é de André Langer.

A polícia do Estado da Vitória segue investigando o prefeito da Secretaria de Economia da Santa Sé depois que dois homens o acusaram em julho de tê-los tocado de forma inapropriada na piscina municipal. Outro homem também denunciou naquele momento que viu Pell nu na frente de três crianças de pouca idade em outra ocasião no vestiário da mesma piscina.

O Weekend Australian informou, no sábado passado, que Pell recorreu aos serviços do advogado Richter para defender-se das denúncias contra ele, o que uma porta-voz do cardeal qualificou como “calúnias”. “O cardeal reiterou sua recusa total e absoluta das acusações de abusos sexuais contra ele em qualquer momento”, assinalaram as fontes. “Também está considerando empreender ações contra as organizações que promovam estas difamações”.

A porta-voz de Pell não quis confirmar até que ponto o cardeal envolveu Richter em sua defesa, mas o simples fato de que tenha consultado o advogado demonstra o grau de preocupação que tem em relação ao progresso da investigação.

Embora Richter tenha atuado para um punhado de personalidades controversas em sua carreira, foi sua defesa do mafioso Mick Gatto em 2004 a mais famosa. Gatto – cuja história apareceu até em uma série de televisão sobre as guerras dos submundos de Melbourne – foi acusado pelo assassinato do criminoso Andrew “Benji” Veniamin. No entanto, graças à astúcia de Richter pôde provar que agiu em defesa própria ao disparar a arma que acabou tirando a vida do capanga.

A polícia vitoriana – criticada por Pell por ter vazado detalhes da investigação criminal ainda em andamento – limitou-se a confirmar ao jornal que as investigações “vão prosseguir”.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Pell recorre ao advogado dos mafiosos australianos após ser acusado de abusos - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV