A medicina tradicional Yanomami ganha o mundo

Revista ihu on-line

Missões jesuíticas. Mundos que se revelam e se transformam

Edição: 530

Leia mais

Nietzsche. Da moral de rebanho à reconstrução genealógica do pensar

Edição: 529

Leia mais

China, nova potência mundial – Contradições e lógicas que vêm transformando o país

Edição: 528

Leia mais

Mais Lidos

  • Colégio proíbe alunos de renovarem matrícula após defenderem tortura

    LER MAIS
  • “Por favor, nunca se aninhem em abrigos pessoais ou comunitários que nos afastem dos nós onde se escreve a história”. Papa Francisco aos seminaristas latino-americanos

    LER MAIS
  • Escolha de Ernesto Araújo para chanceler põe em risco liderança ambiental brasileira

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

15 Setembro 2016

O povo indígena Yanomami possui um jeito diferente de entender o que se costuma chamar de "natureza". Na sua língua, eles dizem Urihi a - terra-floresta -, uma entidade viva que faz parte de uma complexa dinâmica de relação entre humanos e não-humanos, como animais, plantas e outros. Um recorte dessa relação está descrito no “Manual dos remédios tradicionais Yanomami”, lançado pelo ISA e pela Hutukara Associação Yanomami em 2015. O livro, resultado de um longo trabalho de jovens pesquisadores Yanomami, e inspirado na pesquisa do antropólogo Bruce Albert e do botânico William Milliken, apresenta um extenso levantamento das plantas medicinais usadas pelos Yanomami para curar diferentes doenças.

A reportagem foi publicada por Instituto Socioambiental - ISA, 13-09-2016.

Agora, esse conhecimento está aberto ao mundo por meio de uma exposição online, interativa e bilíngue (português e inglês) lançada nesta terça-feira 13 de setembro, pelo Google. Você está convidado a navegar por esses saberes milenares aqui:

Composta por fotos, vídeos, desenhos, depoimentos em áudio e textos, a exposição online “Manual dos remédios tradicionais Yanomami”, montada com curadoria do Instituto Socioambiental (ISA), é parte de lançamento global sobre história natural ao lado de coleções de algumas das instituições mais respeitadas do mundo, como o Museu de História Natural de Londres e o Museu Americano de História Natural.

A exposição conta como o conhecimento tradicional sobre a medicina da floresta, patrimônio milenar do povo Yanomami, manejado por seus xamãs e transmitido por suas mulheres idosas, sobreviveu à morte de muitos de seus portadores por conta de epidemias de sarampo e malária trazidas por invasores do território indígena. No final da experiência, o visitante pode acessar a publicação original “Manual dos remédios tradicionais Yanomami”, na íntegra.

Os Yanomami são um dos maiores povos indígenas no Brasil. Sua população de 22 mil pessoas vive nos estados do Amazonas e Roraima, no norte do País. Seu território está localizado na fronteira do Brasil com a Venezuela, com a presença de diversas comunidades no país vizinho. O ISA trabalha com os Yanomami para desenvolver projetos que garantam a proteção de seu território, o fortalecimento de suas organizações e a valorização da sua cultura. Saiba mais sobre os Yanomami.

O ISA é uma das mais de mil organizações parceiras do Google para colocar os tesouros culturais do mundo ao alcance dos usuários da Internet. Para este lançamento, instituições de história natural de 16 países criaram mais de cem histórias interativas, compartilhando um total de 300 mil fotos, vídeos e outros documentos online, oferecendo ao público a chance de ser reconectar com a história da nossa evolução e toda riqueza do meio ambiente do nosso planeta.

Leia mais...

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

A medicina tradicional Yanomami ganha o mundo - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV