Movimentos sociais farão manifestações nesta segunda pelo país

Revista ihu on-line

Base Nacional Comum Curricular – O futuro da educação brasileira

Edição: 516

Leia mais

Renúncia suprema. O suicídio em debate

Edição: 515

Leia mais

Lutero e a Reforma – 500 anos depois. Um debate

Edição: 514

Leia mais

Mais Lidos

  • Breves do Facebook

    LER MAIS
  • 2017. Um ano marcado pelo duelo entre o Papa e Trump

    LER MAIS
  • Argentina. “Padre vileiro”, novo Bispo dos Pobres

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

29 Agosto 2016

A Frente Brasil Popular divulgou a programação nacional de manifestações contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff que começou a ser julgado na quinta-feira (25) com previsão de encerramento na quarta-feira (31).

A reportagem é publicada por Rede Brasil Atual - RBA, 28-08-2016.

A principal concentração é esperada para a Esplanada dos Ministérios, em Brasília, a partir das 8h de amanhã, quando os ativistas ocuparão parte das visa de tráfego distribuindo rosas às pessoas. Em São Paulo há uma concentração prevista para 17h na Praça do Ciclista (Avenida Paulista com Rua da Consolação); no Rio, na Candelária. Em Curitiba, o protesto pela democracia acontece ainda neste domingo, às 15h, na Praça Santos Andrade.

Atos pelo Brasil:

Dia 28 – domingo
Curitiba – 15h – Praça Santos Andrade

Dia 29 - segunda-feira
Belém – 17h – Mercado de São Brás
Brasília – 17h – Em frente ao Congresso
Campina Grande – 8h – Praça da Bandeira
Fortaleza – 8h – Praça do Ferreira
Manaus – 17h – Largo São Sebastião
Natal – 17h em frente ao IFRN central
Porto Alegre – 17h – Largo Gênio Peres
São Paulo –17h – Praça do Ciclista
Salvador – 9h – Em frente ao Iguatemi
Rio de Janeiro – 17h – Candelária
Vitória – 16h – Casa Porto

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Movimentos sociais farão manifestações nesta segunda pelo país - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV