Papa na Suécia: declaração conjunta da Federação Luterana Mundial e do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos

Revista ihu on-line

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Mais Lidos

  • Aumento da miséria extrema, informalidade e desigualdade marcam os dois anos da Reforma Trabalhista

    LER MAIS
  • Hospitalidade eucarística: “A decisão passa agora para a Conferência Episcopal”

    LER MAIS
  • Mais um golpe... em nome de Deus

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

02 Junho 2016

Publicamos o comunicado conjunto – produzido pela Federação Luterana Mundial (FLM) e pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos – sobre os eventos ecumênicos previstos para Lund e Malmö, na Suécia, com a participação do Santo Padre Francisco, no próximo dia 31 de outubro, para a Comemoração dos 500 anos da Reforma.

A nota é da Sala de Imprensa da Santa Sé, 01-06-2016. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

É preciso observa, contudo, que o programa completo da viagem do Santo Padre à Suécia será publicado posteriormente e também incluirá uma celebração eucarística com a comunidade católica na manhã do dia 1º de novembro.

Eis o texto.

Comemoração ecumênica conjunta na Catedral de Lund e no Estádio de Malmö

A comemoração ecumênica conjunta luterano-católica do 500º aniversário da Reforma no dia 31 de outubro em Lund (Suécia) será realizada em dois momentos: terá início com uma liturgia na Catedral de Lund [foto acima] e continuará com um evento público no Estádio de Malmö, aberta a uma participação mais ampla.

O evento conjunto da Federação Luterana Mundial (FLM) e da Igreja Católica Romana pretende evidenciar os 50 anos de contínuo diálogo ecumênico entre católicos e luteranos e os dons resultantes dessa colaboração. A comemoração católico-luterana dos 500 anos da Reforma se centra nos temas da ação de graças, do arrependimento e do compromisso no testemunho comum. O objetivo é expressar os dons da Reforma e pedir perdão pela divisão perpetuada pelos cristãos das duas tradições.

A Catedral de Lund será o lugar onde será realizada a cerimônia de oração comum, baseada no guia litúrgico católico-luterano recentemente publicado, intitulado "Oração Comum", que, por sua vez, se fundamenta no documento "Do conflito à comunhão".

O Estádio de Malmö será o cenário onde serão realizadas as atividades dedicadas ao compromisso do testemunho e do serviço comum de católicos e luteranos no mundo. Serão apresentados os aspectos mais importantes do trabalho comum do Serviço Mundial da Federação Luterana Mundial (LWF World Service) e da Caritas Internationalis, como o cuidado dos refugiados, o serviço da paz e a defesa da justiça climática. O Estádio de Malmö pode receber até 10.000 pessoas.

O Santo Padre Francisco, o bispo Dr. Munib A. Younan e o Rev. Dr. Martin Junge, respectivamente presidente e secretário-geral da Federação Luterana Mundial, vão conduzir a cerimônia da oração comum em Lund e o evento no Estádio de Malmö, em colaboração com os responsáveis da Igreja da Suécia e da diocese católica de Estocolmo.

"É quando as comunidades tomam o caminho que afasta dos conflitos que a força surge. Em Cristo, somos encorajados a servir juntos no mundo. A comemoração conjunta é um testemunho do amor e da esperança que todos nós temos, por mérito da graça de Deus", declararam o presidente da FLM, Younan, e o secretário-geral, Junge.

O cardeal Kurt Koch, presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos, explica: "Concentrando-nos juntos sobre a centralidade do problema de Deus e sobre uma abordagem cristocêntrica, luteranos e católicos poderão comemorar ecumenicamente a Reforma, não de um modo meramente pragmático, mas no sentido profundo da fé em Cristo crucificado e ressuscitado".

"Estamos à espera desse evento, que contará com a participação de 10.000 pessoas. A ideia na base da manifestação na arena de Malmö é descrever ainda mais o processo que vai do conflito à comunhão, concentrando-nos na esperança pelo futuro e no serviço comum no mundo", afirma a arcebispa da Igreja da Suécia, Antje Jackélen.

O bispo Anders Arborelius, da diocese católica de Estocolmo, acrescenta: "Será escrita uma página da história quando o Papa Francisco e as lideranças da Federação Luterana Mundial visitarem Lund e Malmö para encorajar a todos nós a continuar no caminho rumo à unidade dos cristãos".

As informações sobre a comemoração ecumênica conjunta serão atualizadas no site do evento: www.lund2016.net.

Contatos para a mídia:

The Lutheran World Federation
Rev. Arni Svanur Danielsson, Head of Communication
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
+41/22 791 6367, +41/78-929 9686

Sala de Imprensa da Santa Sé
Padre Federico Lombardi, S.I.
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Papa na Suécia: declaração conjunta da Federação Luterana Mundial e do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV