Dom Orani Tempesta, um novo cardeal internauta e dedicado aos pobres

Revista ihu on-line

Giorgio Agamben e a impossibilidade de salvação da modernidade e da política moderna

Edição: 505

Leia mais

Pier Paolo Pasolini Um trágico moderno e sua nostalgia do sagrado

Edição: 504

Leia mais

A ‘uberização’ e as encruzilhadas do mundo do trabalho

Edição: 503

Leia mais

Mais Lidos

  • Não há condições éticas de Temer seguir no cargo, diz secretário-geral da CNBB

    LER MAIS
  • Brasil será denunciado na OEA por violar direitos dos povos indígenas

    LER MAIS
  • A reforma trabalhista nos leva ao fundo do poço. Artigo de Luiz Gonzaga Belluzzo

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU

close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Por: Cesar Sanson | 13 Janeiro 2014

O arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta, conhecido por sua intensa atividade na internet e sensibilidade com os mais pobres, soube neste domingo (12/01) sobre sua nomeação como cardeal em uma comunidade do Rio de Janeiro.

A reportagem é de Eduardo Davis e publicado pela Agência Efe, 12-01-2014.

Dom Orani celebrava uma missa na Cruzada São Sebastião, um complexo de edifícios construído no Leblon em 1955 por iniciativa do falecido dom Hélder Câmara, que há 40 anos foi um dos impulsores dos ideais sociais contidos na Teologia da Libertação.

O novo cardeal declarou aos jornalistas sua "surpresa" pela indiação. "Foi providência divina estar aqui num lugar que tem a marca de dom Helder, que trouxe o nome de São Sebastião para cá e que foi uma tentativa de solucionar a questão da moradia", acrescentou.

Depois da missa, como fez em muitos domingos dos últimos anos em sua condição de arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani repetiu sua rotina de visitar as casas de alguns dos moradores das favelas e bairros populares que sempre apoiou.

"Este anúncio é uma graça de Deus", disse várias vezes às pessoas que se aproximaram para cumprimentá-lo e felicitá-lo, às quais respondeu parafraseando o papa Francisco: "Peço-lhes que rezem por mim, para seguir servindo à Igreja".

Cardeal nas redes sociais

Dom Orani João Tempesta nasceu em 23 de junho de 1950 em São José do Rio Pardo, cidade do interior do estado de São Paulo, e com 18 anos entrou para o Mosteiro de Nossa Senhora de São Bernardo, que pertence à Ordem de Cister — ou cisterciense.

Estudou filosofia no Mosteiro de São Bento e no Instituto Teológico Salesiano Pio XI, ambos em São Paulo. Em 1974, com 24 anos, foi ordenado sacerdote e retornou ao Mosteiro de Nossa Senhora de São Bernardo como vice-Prior.

O cardeal também fez cursos de comunicação e nos últimos anos se tornou um reconhecido adepto das redes sociais, nas quais mantém perfis no Facebook e no Twitter, por onde se comunica de forma constante com os fiéis.

Sua conta no Twitter recebeu inúmeras mensagens neste domingo, inclusive uma da presidente Dilma Rousseff, que disse ter recebido "com alegria" a decisão do papa Francisco.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Instituto Humanitas Unisinos - IHU - Dom Orani Tempesta, um novo cardeal internauta e dedicado aos pobres