Monsanto é condenada na França por intoxicação de agricultor

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • “O mercado não é Deus e a meritocracia é apenas um grande blefe”, desabafa banqueiro italiano

    LER MAIS
  • Agronegócio pode ter infectado 400 mil trabalhadores no Brasil por Covid-19

    LER MAIS
  • Meio bilhão de cristãos pedem que G20 reforme a atual arquitetura econômica

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


16 Fevereiro 2012

Um tribunal na França concluiu no início da semana que a companhia americana Monsanto é legalmente responsável pelo envenenamento de um produtor com herbicidas utilizados em 2004, abrindo o caminho para novas acusações contra a empresa.

A informação é do jornal O Estado de S. Paulo, 16-02-2012. (Nota da IHU On-Line: a notícia foi amplamente repercutida pela revista francesa, de inspiração católica, La Vie, 14-02-2012).

Paul François inalou o herbicida Laço (alacloro) quando abriu a embalagem de spray. Ele passou a sofrer de náuseas, vertigem, gagueira e dores de cabeça e musculares, que o impediram de trabalhar durante um ano.

"A demonstração da relação de causalidade entre o herbicida Laço e os sintomas descritos pelo senhor François não ficou clara", afirmou a empresa, ao anunciar que vai apelar da decisão.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Monsanto é condenada na França por intoxicação de agricultor - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV