Ao cuidado de Deus. Marguerite Porete na oração inter-religiosa desta semana

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • "Nunca, nunca encobrir a realidade. Dizer sempre: 'É assim'”. Papa Francisco recebe a redação da revista jesuíta Aggiornamenti Sociali

    LER MAIS
  • O aumento da pobreza na América Latina submergente

    LER MAIS
  • Um estranho casamento: neoliberalismo e nacionalismo de direita

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

16 Agosto 2019

Neste espaço se entrelaçam poesia e mística. Por meio de orações de mestres espirituais de diferentes religiões, mergulhamos no Mistério que é a absoluta transcendência e a absoluta proximidade. Este serviço é uma iniciativa feita em parceria com o Prof. Dr. Faustino Teixeira, teólogo, professor e pesquisador do PPG em Ciências da Religião da Universidade Federal de Juiz de Fora - MG.

 

Ao cuidado de Deus

“Quando um homem possui uma terra
e a necessidade faz com que dessa terra tire o seu sustento,
ele ara, cultiva e escava essa terra,
da forma que pensa ser a mais eficaz
para que ela renda mais ao produzir o trigo que nela devemos semear.
Assim deve viver quem trabalhou a terra
e nela plantou o trigo.
Essas duas coisas são imperativas que ele faça
antes que possa ter os frutos de sua terra para viver.
Mas quando o sábio trabalhador cultivou e cavou sua terra
e dentro dela colocou o trigo,
todo o seu poder não pode mais ajudar.
É preciso que ele deixe o resto
ao CUIDADO DE DEUS,
se quer ter um bom resultado em seu trabalho.
Por si ele não pode fazer mais nada”

 

Fonte: Marguerite Porete. O espelho das almas simples e aniquiladas e que permanecem somente na vontade e no desejo do Amor. Petrópolis: Vozes, 2008, p. 205 (cap. 124).

 

Marguerite | Foto: histoireparlesfemmes.com

Marguerite Porete (1250 - 1310): Mística medieval francesa, que foi queimada na fogueira da Inquisição em 1310 por heresia, por recusar-se a retirar seus escritos de circulação.  Seu livro, O espelho das almas simples e aniquiladas e que permanecem somente na vontade e no desejo do Amor, é uma obra do misticismo cristão que fala do amor divino. Porete provavelmente formou uma comunidade religiosa secular, onde vivia conforme as regras monásticas, por isso também é conhecida como mística beguina. 

 

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Ao cuidado de Deus. Marguerite Porete na oração inter-religiosa desta semana - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV