Etty Hillesum na oração inter-religiosa desta semana

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • Uma visão do suicídio no Brasil em resposta à outra visão apresentada

    LER MAIS
  • "É hora de reaprender a arte de sonhar com os xamãs nativos"

    LER MAIS
  • Não tenho nenhuma esperança de que o Governo Bolsonaro ainda se empenhe em transmutar sua visão a respeito da Amazônia. Entrevista com Dom Erwin Krautler

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


03 Fevereiro 2017

Neste espaço se entrelaçam poesia e mística. Por meio de orações de mestres espirituais de diferentes religiões, mergulhamos no Mistério que é a absoluta transcendência e a absoluta proximidade. Este serviço é uma iniciativa feita em parceria com o Prof. Dr. Faustino Teixeira, teólogo, professor e pesquisador do PPG em Ciências da Religião da Universidade Federal de Juiz de Fora.


(Foto: Arquivo pessoal / Paulo Motta)

Trato bem de ti

Como vês, trato bem de ti.
Não te trago somente as minhas lágrimas
e pressentimentos temerosos,
até te trago, nesta tempestuosa
e parda manhã de domingo,
jasmim perfumado.

E hei de trazer-te todas as flores
que encontre pelo caminho, meu Deus
e a sério que são muitas.
Hás de ficar sinceramente
tão bem instalado em minha casa
quanto é possível.

E já agora para te dar um exemplo ao acaso:
se eu estivesse encerrada
numa cela acanhada
e uma nuvem passasse
ao longo da minha janela gradeada,
então eu iria trazer-te essa nuvem, meu Deus,
se pelo menos ainda tivesse forças para isso.

Etty Hillesum. Diário 1941-1943. 3 ed. Porto: Assírio & Alvim, 2009, p. 253.


Etty Hillesum | Foto: Wikimedia Commons

Etty (Esther ) Hillesum (1914 – 1943): Jovem holandesa de família judaica, a mística foi voluntária no campo de passagem de Westerbork, quando começou a escrever seu diário, em 1941. Durante os dois anos em que esteve nos campos de concentração, até sua morte em Auschwitz, Etty expressava em seu diário suas angústias e seu encontro com Deus, demonstrando uma experiência espiritual, relatando seu testemunho e compartilhando a dor dos horrores do Holocausto. Teve a oportunidade de salvar a si própria, mas decidiu compartilhar o destino do seu povo.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Etty Hillesum na oração inter-religiosa desta semana - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV