Mistério de esperança

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • ‘Cultura do descarte e do ódio’ de governantes atuais lembra Hitler, confessa papa Francisco

    LER MAIS
  • O que suponho que Lula deveria dizer. Artigo de Tarso Genro

    LER MAIS
  • Bolívia. Breve reflexão a partir do golpe de Estado de 10 de novembro de 2019

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

29 Março 2018

A leitura que a Igreja propõe neste domingo é o Evangelho de Jesus Cristo segundo João 20,1-9 que corresponde ao Domingo de Ressurreição ciclo B, do Ano Litúrgico. O teólogo espanhol José Antonio Pagola comenta o texto. 

Eis o texto

Crer no Ressuscitado é resistirmos a aceitar que nossa vida é somente um pequeno parêntese entre dois grandes vazios. Apoiando-nos em Jesus Ressuscitado por Deus, intuímos, desejamos e cremos que Deus está conduzindo até a verdadeira plenitude o anseio de vida, de justiça e de paz que se encontra no coração da Humanidade e da criação inteira.

Crer no Ressuscitado é opor-nos com todas nossas forças a que essa imensa maioria de homens, mulheres e crianças que ao longo de sua vida tem conhecido somente a miséria, a humilhação e os sofrimentos, fiquem esquecidos para sempre.

Crer no Ressuscitado é confiar numa vida onde já não haverá pobreza nem dor, ninguém ficará triste e ninguém precisara chorar. Veremos assim aqueles que chegam a sua pátria verdadeira.

Crer no Ressuscitado é nos aproximar com esperança a tantas pessoas sem saúde, aos enfermos crônicos, aos deficientes físicos e psíquicos, às pessoas arrasadas pela depressão, que estão cansadas de viver e de lutar. Um dia elas conhecerão o que significa viver em paz e com saúde total. Escutarão as palavras do Pai que lhes disse: “Entra para sempre na alegria do teu Senhor”.

Crer no Ressuscitado é não nos resignar a que nosso Deus seja para sempre um “Deus oculto” de quem não é possível conhecer seu olhar, sua ternura e seus abraços. Nós o encontraremos encarnado para sempre com toda sua glória em Jesus.

Crer no Ressuscitado é confiar em que nossos esforços por um mundo mais humano e feliz não ficarão no vazio. Um dia bendito, os últimos serão os primeiros e as prostitutas nos precederão no Reino.

Crer no Ressuscitado é saber que tudo o que ficou pela metade, o que não aconteceu, aquilo que nós temos estragado pelo nosso pecado, tudo isso atingira em Deus a sua plenitude. Nada daquilo que temos vivido no amor ou daquilo que temos renunciado por amor ficará no esquecimento.

Crer no Ressuscitado é esperar que as horas alegres e as experiências tristes, as “pegadas” que temos deixado nas pessoas e nas coisas, o que temos construído ou desfrutado generosamente, fique transfigurado. Já não conheceremos a amizade que acaba nem a despedida que nos deixa tristes. Deus será tudo em todos.

Crer no Ressuscitado é acreditar que um dia escutaremos estas inacreditáveis palavras que o livro do Apocalipse coloca na boca de Deus: “Eu sou a origem e o fim de tudo...Àquele que tenha sede eu lhe darei grátis o manancial da água da vida”. Já não haverá morte nem pranto, nem gritos, nem fadigas, porque tudo isso terá passado.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Mistério de esperança - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV