Arcebispo de Porto Velho apoia a criação e implantação do Conselho Estadual LGBT em Rondônia

Revista ihu on-line

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Planos de saúde e o SUS. Uma relação predatória

Edição: 541

Leia mais

Hans Jonas. 40 anos de O princípio responsabilidade

Edição: 540

Leia mais

Mais Lidos

  • Bispo brasileiro diz que ordenará mulheres ao diaconato se papa permitir

    LER MAIS
  • “A ética do cuidado é um contrapeso ao neoliberalismo”. Entrevista com Helen Kohlen

    LER MAIS
  • Irmã Dulce, símbolo de um Brasil que está se esquecendo dos pobres. Artigo de Juan Arias

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

07 Maio 2018

O arcebispo de Porto Velho, Rondônia, D. Roque Paloschi, surpreendeu a opinião pública com uma carta de apoio à criação e implantação do Conselho LGBT em Rondônia.

“A atitude de D. Paloschi, que também é presidente do Conselho Indigenista Missionário – CIMI e é membro do Conselho Pré-Sinodal do Sínodo da Pan-Amazônia, demonstra a coragem de alguém que, para além de possíveis críticas, inclusive dentro da própria Igreja católica, - comenta Luis Miguel Modino, em nota publicada por Religión Digital, 06-05-2018 – sente a necessidade de criar um “espaço democrático de apoio e diálogo sobre políticas públicas que favoreçam e construam na sociedade um caminho de tolerância e fraternidade”.

Eis a carta.

Num momento em que o país vive uma fase de redução de direitos e de restrições de conquistas democráticas, como Igreja, devemos reacender a esperança e nos comprometermos cada vez mais na defesa da vida e dos direitos das minorias, buscando a construção de dias melhores.

Um dos papeis da Igreja é estar ao lado das pessoas de forma irrestrita e ecumênica, contribuindo na implantação de políticas públicas em toda a sua diversidade, independentemente de raça, cor, sexo e religião, de acordo com os preceitos da nossa Constituição Federal de 1988.

Nesse sentido, nos posicionamos a favor da criação e efetiva implantação do Conselho Estadual LGBT em Rondônia, como espaço democrático de apoio e diálogo sobre políticas públicas que favoreçam e construam na sociedade um caminho de tolerância e fraternidade, pois “Em Cristo todos somos irmãos”, como nos recorda o lema da Campanha da Fraternidade deste ano.

Frente à cultura do ódio, somos chamados a promover a cultura da paz e da justiça.

Roque Paloschi, arcebispo de Porto Velho

Padre Filip Cromheecke, vigário geral

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Arcebispo de Porto Velho apoia a criação e implantação do Conselho Estadual LGBT em Rondônia - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV