Pesquisa indica que os efeitos das mudanças climáticas podem acelerar até meados do século

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Irã. A história política do país persa, xiita e anti-imperialista

    LER MAIS
  • Alvim e Goebbels: Foi traçado um limite para o absurdo

    LER MAIS
  • Com acusação de ambientalistas que trabalham na proteção da Amazônia, "o medo está instalado", diz Libération

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

19 Dezembro 2017

Modelos ambientais utilizados por pesquisadores da Universidade de New Hampshire estão mostrando que os efeitos das mudanças climáticas poderiam ser muito mais fortes em meados do século 21, e uma série de condições ecossistêmicas e climáticas poderiam declinar consistentemente ainda mais no futuro. Se as emissões de dióxido de carbono continuarem à taxa atual, eles relatam que cenários de condições futuras não só podem levar a uma diminuição significativa nos dias de neve, mas também ao aumento do número de dias de verão acima de 90 graus e ao declínio drástico no habitat do fluxo com 40% não são adequados para peixes de água fria.

A reportagem é publicada por University of New Hampshire, e reproduzida por EcoDebate, 18-12-2017. A tradução e edição são de Henrique Cortez.

“Embora esta pesquisa tenha sido aplicada a New Hampshire, a abordagem pode ser geralmente aplicada, e uma série de coisas que as pessoas preocupam vai piorar devido à mudança climática”, disse Wilfred Wollheim, professor associado do departamento de recursos naturais e do meio ambiente e um dos autores do estudo. “Por exemplo, agora o número médio de dias de neve é de 60 por ano, mas em 20 a 30 anos os modelos mostram que o número de dias de neve pode ser tão baixo quanto 18 dias por ano”.

A pesquisa, publicada recentemente na revista Ecology and Society , utilizou um banco de modelos marcado para medições de campo para avaliar a bacia hidrográfica do rio Merrimack em New Hampshire. Eles descobriram que, juntamente com uma diminuição da cobertura de neve no inverno, outros impactos potenciais podem incluir até 70 dias de verão quentes por ano até o final do século, uma maior probabilidade de inundações, uma perda considerável de habitat de peixes de água fria e insumos de nitrogênio para áreas costeiras que podem levar à eutrofização, uma quantidade anormal de nutrientes que podem poluir a água e esgotar as espécies de peixes. Os pesquisadores dizem que o maior impacto será em torno das áreas urbanas, perto do local onde as pessoas vivem.

“O uso da terra e o crescimento populacional que interagem com as mudanças climáticas também são fatores importantes”, disse Wollheim. “Esses modelos podem ajudar a orientar os esforços para fazer planos para se adaptar ao clima em mudança. As mudanças na política de uso da terra podem reduzir esses impactos. Em particular, a prevenção da expansão e o investimento em infraestrutura de águas residuais e de tempestades manterão ainda mais serviços ecossistêmicos. que reduzem as emissões de gases de efeito estufa são essenciais para limitar ainda mais mudanças “.

Os pesquisadores dizem que este estudo é a primeira vez que um modelo como esse foi aplicado às bacias hidrográficas da Nova Inglaterra que são consistentes para as mudanças climáticas, a mudança do uso do solo, os processos do ecossistema florestal e os processos do ecossistema aquático, incluindo variabilidade no clima que ocorre dentro de anos (sazonal e tempestade) e ao longo dos anos, para avaliar uma série completa de mudanças ao mesmo tempo.

Referência:

A coupled terrestrial and aquatic biogeophysical model of the Upper Merrimack River watershed, New Hampshire, to inform ecosystem services evaluation and management under climate and land-cover change DOI.

Full Text: HTML

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Pesquisa indica que os efeitos das mudanças climáticas podem acelerar até meados do século - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV