Operação da PF combate crime de exploração sexual de venezuelanas em Roraima

Revista ihu on-line

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Grande Sertão: Veredas. Travessias

Edição: 538

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Mais Lidos

  • ''Há um plano para forçar Bergoglio a renunciar", denuncia Arturo Sosa

    LER MAIS
  • EUA: um complô para fazer com que o papa renuncie

    LER MAIS
  • “Construímos cidades para que as pessoas invistam, não para que vivam”. Entrevista com David Harvey

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

09 Maio 2017

Com objetivo de combater um esquema criminoso de exploração sexual de venezuelanas em Roraima, a Polícia Federal (PF) deflagrou quinta-feira (4) a Operação Codinome. Durante a ação, três pessoas foram presas em flagrante pelos crimes investigados.

A reportagem foi publicada por Agência Brasil, 04-05-2017. 

Estão sendo cumpridos ainda 46 mandados judiciais, 25 de busca e apreensão e 21 conduções coercitivas em Boa Vista e nos municípios de Rorainópolis, São Luís, Caroebe, Alto Alegre, Iracema e Mucajaí.

Segundo a PF, os proprietários de casas noturnas investigados se aproveitavam da situação de vulnerabilidade econômica em que se encontram as venezuelanas e as atraíam oferecendo alimentação e alojamento em quartos dos bares.

Em troca, as mulheres deveriam fazer programas sexuais, proporcionando lucro aos donos do comércio. Alguns proprietários de bares permitiam que elas realizassem programas em outro local, mas eram obrigadas a entregar o dinheiro diretamente a eles.

O nome da operação (Codinome) remete à preservação da identidade das vítimas, que usam nomes fictícios com os clientes. Os envolvidos responderão pelos crimes de tráfico de pessoas, manutenção de casa de prostituição e rufianismo (busca do lucro por meio da exploração de prostituição alheia).

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Operação da PF combate crime de exploração sexual de venezuelanas em Roraima - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV