Físico explica por que ação humana é decisiva na atual era geológica, o Antropoceno

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • Opositores do papa: continuem assim

    LER MAIS
  • Papa Francisco condena perseguição antigay e está preocupado com “cura gay”

    LER MAIS
  • Católicos e anglicanos - Trabalhar juntos para bem da humanidade, diz secretário do Vaticano

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

26 Agosto 2016

O professor Paulo Artaxo, titular do Departamento de Física Aplicada do Instituto de Física (IF) da USP, ministrou palestra, ontem quarta-feira (24), sobre o tema Antropoceno: O homem no centro da nova era geológica e suas consequências. Em entrevista à repórter Marcia Avanza, Artaxo explica que o Antropoceno é a época geológica que vivemos atualmente, na qual a ação do homem começa a interferir no planeta.

A reportagem foi publicada por EcoDeabate, 25-08-2016.

Referência internacional na área de física ambiental, o professor vai discutir questões sobre o clima do planeta e as consequências dessa nova era, que não pode ser considerada totalmente negativa, mas que exige medidas para estabilizar o clima global.

Doutor em Física Atmosférica pela USP (1985), Artaxo trabalhou na Nasa (Estados Unidos) e nas universidades de Antuérpia (Bélgica), Lund (Suécia) e Harvard (Estados Unidos). A física aplicada a problemas ambientais é uma de suas especialidades, e ele atua principalmente nas questões de mudanças climáticas globais, meio ambiente na Amazônia, física de aerossóis atmosféricos e poluição do ar urbano, entre outros temas. É membro da Academia Brasileira de Ciências, da Academia de Ciências dos Países em Desenvolvimento (TWAS) e da Academia de Ciências do Estado de São Paulo.

Bolsista de Produtividade em Pesquisa 1A do CNPq, Artaxo figurou, recentemente, na lista dos “mais brilhantes” cientistas em todo o mundo, divulgada pela Thomson Reuters no relatório The World´s Most Influential Scientific Mind 2015, ao lado de outros três brasileiros. Ao longo de sua carreira, Paulo Artaxo coleciona inúmeros prêmios na área científica.

Ouça aqui a entrevista da repórter Marcia Avanza com o professor Paulo Artaxo, do Instituto de Física (IF) da USP.

Leia mais...

Em 2050, serão necessários quase 3 planetas para manter atual estilo de vida da humanidade

Objetivos do desenvolvimento sustentável no Antropoceno

Os sete anos mais quentes do Antropoceno

Sobre a antropologia das mudanças climáticas. Um diálogo com Thomas Hylland Eriksen

Porto Alegre: No rastro do antropoceno

Antropoceno, a Humanidade como uma força planetária

A possível Ética do Antropoceno

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Físico explica por que ação humana é decisiva na atual era geológica, o Antropoceno - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV