John Deere demite 104 funcionários

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • “O Óbolo de São Pedro foi usado para pagar um imóvel em Londres”: a investigação sobre o cardeal Becciu

    LER MAIS
  • Estas são as razões do ‘adeus’ do (ex-)cardeal Angelo Becciu

    LER MAIS
  • Pantanal: “Já queimaram uma área tão grande que os bichos não têm mais para onde correr”

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


03 Setembro 2011

A fábrica da John Deere em Horizontina, no noroeste do RS, anunciou ontem a demissão de 104 funcionários. Em abril, 230 já haviam sido demitidos. Conforme a assessoria da John Deere, as demissões ocorreram devido à reestruturação da fábrica na área de operações.

A informação é do jornal Zero Hora, 03-09-2011.

O presidente do Sindicato das Indústrias de Máquinas e Implementos Agrícolas (Simers), Claudio Bier, acredita que as demissões têm relação com o reforço do mercado argentino, que atrasa a liberação das licenças de importação de máquinas brasileiras.

Segundo o vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq/RS), Hernane Cauduro, o representante da Agco (fabricante de tratores e colheitadeiras da marca Massey Ferguson) informou ontem que a empresa está parando de produzir para a Argentina e estuda a possibilidade de realizar a montagem de tratores no país vizinho, o que reduziria os postos de trabalho na fábrica da empresa em Canoas, RS.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

John Deere demite 104 funcionários - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV