D. Paulo Evaristo Arns comemora 90 anos

Revista ihu on-line

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

Mais Lidos

  • Instrumentum Laboris do Sínodo para a Amazônia, um novo passo de “um 'kairós' para a Igreja e o mundo”

    LER MAIS
  • “Minha filha trans e católica é uma prova viva de como o Vaticano está errado em relação ao gênero”

    LER MAIS
  • “O Judiciário foi usado como vingança e impediu que a democracia siga seu curso”, afirma a antropóloga Lilia Schwarcz

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

15 Setembro 2011

Cercado de parentes, amigos e ex-colaboradores, o cardeal d. Paulo Evaristo Arns, arcebispo emérito de São Paulo, comemorou ontem seu 90.º aniversário com uma missa, na capela da casa das Irmãs Franciscanas da Ação Pastoral, onde mora, em Taboão da Serra.

A reportagem é de José Maria Mayrink e publicada pelo O Estado de S.Paulo, 15-09-2011.

O cardeal d. Odilo Pedro Scherer, atual arcebispo da arquidiocese, presidiu a missa, ao lado do cardeal d. Cláudio Hummes, que substituiu d. Paulo em 1998. Oito bispos e 15 padres também participaram da cerimônia, assistida ainda por familiares e amigos de d. Paulo, no total de 75 pessoas.

"Eu tinha de estar presente nesse aniversário, porque d. Paulo é uma referência na minha vida", disse Ivo Herzog, filho do jornalista Vladimir Herzog, assassinado num quartel em 1975, cuja memória o cardeal reverenciou com a celebração de um culto ecumênico, na Catedral da Sé. Foi na época em que o então arcebispo de São Paulo lutava contra as arbitrariedades do regime militar.


Celebração. D. Paulo durante a missa:
vida dedicada à Igreja e à defesa dos direitos humanos
 - Luciney Martins/AE

Ao reconhecer Ivo Herzog, que é judeu, na missa, o cardeal d. Cláudio Hummes ficou emocionado e chorou. Lembrou-se de tê-lo conhecido durante o ato ecumênico, quando ele era um menino de 9 anos - d. Cláudio era bispo de Santo André nos anos 1970 e 1980, época em que apoiou os metalúrgicos na greve do ABC. O procurador Hélio Bicudo e a ex-presidente da Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo Margarida Genevois, que estiveram ao lado de d. Paulo na luta de defesa dos direitos humanos, também assistiram à missa.

Resistência

Bem-humorado e lúcido, d. Paulo resumiu os 90 anos de sua vida em três períodos: a infância com a família na colônia de imigrantes alemães em Santa Catarina, a convivência religiosa com os franciscanos e a carreira episcopal. Lembrou que foi bispo nos últimos 45 anos, exatamente metade de sua existência, embora tenha resistido a aceitar o cargo, quando foi nomeado em 1966. D. Paulo disse que recusou sua indicação três vezes e só cedeu quando soube que o papa Paulo VI fazia questão de que aceitasse.

Às 10 horas de sábado, d. Paulo plantará uma árvore, dará uma bênção e receberá cumprimentos no Largo de São Francisco, em frente do convento dos franciscanos, no centro da cidade, em mais uma comemoração de seus 90 anos.

CRONOLOGIA

Foi arcebispo por 28 anos

1921
Nascimento
Nasce em Forquilhinha (SC).

1945
Ordenação
É ordenado padre, como frade franciscano.

1966
Bispo
É nomeado bispo.

1970
Arcebispo
Sucede ao cardeal d. Agnelo Rossi como arcebispo de São Paulo; nos anos seguintes, atua na defesa dos direitos humanos e denuncia os abusos do regime militar.

1998
Sucessão
É sucedido como arcebispo de SP por d. Cláudio Hummes.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

D. Paulo Evaristo Arns comemora 90 anos - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV