Padre austríaco pró-reformas da Igreja é evitado por Roma

Revista ihu on-line

Diálogo interconvicções. A multiplicidade no pano da vida

Edição: 546

Leia mais

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Mais Lidos

  • Em busca de cliques, sites e blogs resolveram "matar" Dom Pedro Casaldáliga

    LER MAIS
  • “Pandemia causará um desencanto que chegará às ruas”, afirma Mike Davis

    LER MAIS
  • Dentro de um inferno, algo do paraíso não se perdeu. Artigo de Leonardo Boff

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


22 Abril 2012

O Vaticano rejeitou uma proposta do líder da Iniciativa dos Párocos Austríacos, Pe. Helmut Schüller (foto), para que ele se encontrasse com o Papa Bento XVI para responder às perguntas do papa sobre as propostas de reforma da Iniciativa.

A reportagem é do sítio da revista católica britânica The Tablet, 19-04-2012. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

O diálogo com a Iniciativa dos Párocos Austríacos é, antes e acima de tudo, uma questão dos bispos austríacos, disse o porta-voz vaticano, Federico Lombardi, aos jornalistas em Roma na última terça-feira. Como esse é um "problema pastoral", ele é uma questão para a Conferência dos Bispos da Áustria, afirmou ele.

Na Missa do Crisma da Quinta-Feira Santa, o papa perguntou: "Pode-se intuir [no Apelo à desobediência da Iniciativa dos Párocos Austríacos para encorajar tais reformas eclesiais, como a ordenação de homens casados] algo daquela configuração a Cristo que é o pressuposto para toda a verdadeira renovação?".

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Padre austríaco pró-reformas da Igreja é evitado por Roma - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV