Teólogos pedem que papa nomeie mulheres cardeais

Revista ihu on-line

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Caetano Veloso. Arte, política e poética da diversidade

Edição: 549

Leia mais

Mulheres na pandemia. A complexa teia de desigualdades e o desafio de sobreviver ao caos

Edição: 548

Leia mais

Mais Lidos

  • "É hora de reaprender a arte de sonhar com os xamãs nativos"

    LER MAIS
  • Uma visão do suicídio no Brasil em resposta à outra visão apresentada

    LER MAIS
  • “É triste ver cristãos acomodados na poltrona”. O alerta do papa Francisco contra a acídia

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


22 Setembro 2013

Teólogos católicos da Europa e dos Estados Unidos lançaram um abaixo-assinado ao Papa Francisco pela nomeação de mulheres cardeais, ou cardinalessas. Na sua mensagem, publicada no dia 12 de setembro de 2013 nas revistas Aufbruch, na Suíça, e Publik-Forum, na Alemanha, os signatários lembram que, até o século XIX, até mesmo leigos podiam acessar o cardinalato.

A reportagem é da Agence de Presse Internationale Catholique, 14-09-2013. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Nem a Bíblia, nem o dogma, nem a tradição eclesial oferecem o menor argumento que poderia impedir que o papa implementasse essa medida o mais rápido possível. O papa é livre para remover a condição da ordenação sacerdotal como requisito indispensável que figura no Direito Canônico (cânone 351).

Os signatários referem-se às declarações do Papa Francisco, segundo as quais as mulheres devem desempenhar um papel mais importante na Igreja. Com tal medida, o papa permitiria que as mulheres, que constituem a metade dos membros da Igreja, possam participar da eleição do próximo soberano pontífice.

Para os autores do abaixo-assinado, não se trataria de uma "clericalização" a mais da Igreja, mas sim de uma participação ativa das mulheres nas decisões importantes.

Entre os signatários, figuram particularmente os nomes de Helen Schüngel-Straumann, professora de teologia suíça, Margit Eckholt, professora em Osnabrück, do capuchinho suíço Anton Rotzetter, do filósofo e teólogo austríaco Walter Kirchschläger, da teóloga feminista norte-americana Elisabeth Schüssler Fiorenza, além do comitê da Liga Suíça de Mulheres Católicas.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Teólogos pedem que papa nomeie mulheres cardeais - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV