Lampedusa: os desembarques não param. Mais de 300 migrantes são socorridos

Revista ihu on-line

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Mais Lidos

  • Aumento da miséria extrema, informalidade e desigualdade marcam os dois anos da Reforma Trabalhista

    LER MAIS
  • Hospitalidade eucarística: “A decisão passa agora para a Conferência Episcopal”

    LER MAIS
  • Mais um golpe... em nome de Deus

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

10 Julho 2013

Foram cinco no total os botes resgatados pela Guarda Costeira. As operações iniciaram na segunda-feira à tarde. Nas últimas 24 horas, foram 599 os refugiados que chegaram à ilha.

A reportagem é do jornal La Repubblica, 09-07-2013. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

São no total 340 os migrantes resgatados durante a noite pela Guarda Costeira e conduzidos a Lampedusa, a poucas horas da visita do papa. As operações iniciaram no fim da tarde dessa segunda-feira, quando a sala de operações recebeu telefonemas por satélite, quase simultaneamente e da mesma zona marinha a 50 milhas das costas líbias, quatro pedidos de ajuda aos quais, pouco depois, se somou um quinto, localizado a cerca de 50 milhas de Malta.

A Guarda Costeira alertou as autoridades desses dois países para resgatar, o mais rapidamente possível, os refugiados. Todos foram conduzidos para Lampedusa.

De acordo com as autoridades líbias e considerando a distância das costas de Lampedusa, cerca de 120 milhas, cinco barcos mercantes que cruzavam essas águas foram desviados para uma primeira assistência, à espera da chegada de um barco de patrulha da Guarda Costeira e de duas lanchas que partiram de Lampedusa com dois médicos do CISOM (corpo italiano de socorro da Ordem de Malta) a bordo.

Às 22h30min, o patrulhador alcançou um primeiro bote e embarcou 94 imigrantes, 63 homens, 26 mulheres e cinco menores, dois dos quais com queimaduras de hidrocarbonetos. A unidade, depois, abordou dois outros barcos, com 209 pessoas a bordo, já assistidos pelos navios mercantes que, no entanto, por causa do tamanho imponente e da altura dos muros, não puderam embarcar os refugiados. Eles foram levados a bordo pelas duas lanchas, que depois se dirigiram para Lampedusa.

O quarto barco, encontrado em águas líbias e com 100 pessoas a bordo, foi socorrido por uma lancha líbia. Por fim, o navio "Cigala Fulgosi" da Marinha Militar, em colaboração com as autoridades maltesas, identificou o quinto navio em perigo e embarcou os 40 migrantes que estavam a bordo, incluindo duas mulheres grávidas.

De manhã, sem serem avistados, 50 migrantes foram desembarcados diretamente em Lampedusa. Nas últimas 24 horas, são 559 os refugiados que aportaram na ilha.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Lampedusa: os desembarques não param. Mais de 300 migrantes são socorridos - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV