Muitas religiões se concentram em um ou dois países

Revista ihu on-line

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

Mais Lidos

  • Vozes que nos desafiam. Celebração da Festa de Santa Maria Madalena

    LER MAIS
  • O que faria a esquerda despertar? Vladimir Safatle comenta a política brasileira

    LER MAIS
  • Direita cristã é o novo ator e líder do neoconservadorismo no País

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

29 Agosto 2014

No início deste verão no hemisfério norte, no Dia Mundial da População, explicamos que metade da população mundial vive em apenas seis países. Em muitos casos, os principais grupos religiosos do mundo estão ainda mais concentrados, com metade ou mais de seus seguidores vivendo em um ou em um punhado de países.

A análise é de Conrad Hackett e Joseph Naylor, publicada por Pew Research Center. A tradução é de Claudia Sbardelotto.

ft religions big

Há vários anos, os demógrafos do Pew Research Center estudam as características demográficas de oito grupos: budistas, cristãos, seguidores de religiões folclóricas, hindus, judeus, muçulmanos, não afiliados e seguidores de outras religiões.

Enquanto os cristãos e os muçulmanos estão mais amplamente distribuídos em todo o mundo, os outros grupos têm uma maioria de suas populações em apenas uma ou duas nações, de acordo com estimativas de 2010 contidas no relatório global da paisagem religiosa.

Não afiliados

não afiliados

Embora o crescimento da população de não afiliados à religião na Europa e América do Norte continue chamando muita atenção, mais da metade (62%) do 1,1 bilhão de pessoas não afiliadas no mundo vivem em um país asiático: China. A China também é lar de 50% da população mundial dos 488 milhões de budistas e de 73% dos 405 milhões de adeptos globais de religiões folclóricas. Considerando que a China é a nação mais populosa do mundo, não é completamente inesperado ter um monte de gente em uma variedade de categorias. Enquanto a China é responsável por 19% da população total do mundo, ela concentra a maioria de todos os budistas, das pessoas não afiliadas e de adeptos de religiões folclóricas.

Hindus

hindus

Nenhuma grande religião está mais concentrada em um país do que o hinduísmo, que se manteve perto de suas origens geográficas. Mais de nove em cada dez (94%) do 1 bilhão de hindus vivem na Índia, lar de 18% da população total do mundo.

Outras religiões

otherreligions

Índia e China têm as maiores parcelas (um combinado de 63%) dos 58 milhões de pessoas na categoria "outras religiões", o que inclui a fé Baha'i, o taoísmo, o jainismo, o xintoísmo, Sikhismo, Tenrikyo, Wicca, zoroastrismo e muitas outras. Índia e China são também os dois maiores países do mundo em termos de população, incluindo cerca de 37% de todas as pessoas.

Cristãos e muçulmanos, os dois maiores grupos religiosos do mundo, vão muito além de suas origens no Oriente Médio.

Muçulmanos

muslims

Embora o Islã ainda esteja associado ao Oriente Médio e ao norte da África nas mentes de muitos norte-americanos, apenas 20% dos muçulmanos do mundo vivem na região. O Egito é o único país do Oriente Médio-Norte africano que está entre as seis maiores populações muçulmanas (Indonésia, Índia, Paquistão, Bangladesh, Nigéria e Egito). Essas nações, juntas, respondem por 53% do 1,6 bilhão de muçulmanos do mundo. O Egito também é o único país do grupo onde o árabe é uma língua oficial. Embora esses seis países tenham a maioria de todos os muçulmanos, eles compõem apenas 30% da população mundial.

Cristãos

christians

Os cristãos são o grupo cuja distribuição é mais estritamente proporcional ao padrão global da população. São necessários pelo menos 11 países para totalizar a metade do total de 2,2 bilhões de cristãos do mundo (Estados Unidos, Brasil, México, Rússia, Filipinas, Nigéria, China, República Democrática do Congo, Alemanha, Etiópia e Itália). Esses 11 países compõem 38% da população total do mundo.

Judeus

jews

Por outro lado, a concentração de judeus - um grupo que frequentemente migrou devido a condições hostis, incluindo o Holocausto, ao longo de sua história - varia muito da população do mundo. Os Estados Unidos e Israel juntos concentram cerca de 40% da população mundial de 14 milhões de judeus. Embora 81% de todos os judeus vivam nesses dois países, eles têm juntos apenas 5% da população mundial.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Muitas religiões se concentram em um ou dois países - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV