“A invasão ao Iraque foi o pior crime deste século”, afirma Chomsky

Revista ihu on-line

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Vilém Flusser. A possibilidade de novos humanismos

Edição: 542

Leia mais

Mais Lidos

  • Bolívia. “O elemento central da derrubada de Evo Morales não é a direita, mas o levante popular”. Entrevista com Fabio Luís Barbosa dos Santos

    LER MAIS
  • Finanças do Vaticano, o jesuíta espanhol Juan Antonio Guerrero é o novo prefeito

    LER MAIS
  • Representante do Papa participa de Encontro "Economia de Francisco" na PUC-SP

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: Jonas | 29 Outubro 2015

A invasão estadunidense ao Iraque, em 2003, é “o pior crime deste século”, e o direito de empregar a força é aceito pela imensa maioria dos políticos estadunidenses, segundo opinou o respeitado cientista político e filósofo Noam Chomsky.

A reportagem é publicada por RT, 27-10-2015. A tradução é do Cepat.

 
Fonte: https://goo.gl/mTkC6U  

“Por que acreditamos ter o direito de invadir um país?”, afirmou o analista em uma entrevista à TeleSur.

Em março de 2003, os Estados Unidos e o Reino Unido invadiram o Iraque, em flagrante violação ao direito internacional, com pretexto de que o país, supostamente, contava com armas de destruição em massa, que nunca foram encontradas.

A operação militar e ocupação do Iraque, por parte do Ocidente, ceifaram mais de um milhão de vidas, segundo pesquisadores britânicos da organização Opinion Research Business.

Chomsky destacou que no cenário atual de candidatos presidenciais estadunidenses não há sequer um pacifista.

“Por exemplo, Obama é considerado como um político contrário à guerra, mas está realizando um programa de terror global de um tipo nunca visto antes: o programa de drones”, enfatizou.

No último fim de semana, o ex-primeiro-ministro britânico, Tony Blair, pediu desculpas pela primeira vez, desde 2003, pelos erros cometidos durante a guerra no Iraque e admitiu que o conflito possivelmente provocou a ascensão do Estado Islâmico.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

“A invasão ao Iraque foi o pior crime deste século”, afirma Chomsky - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV