Auxílio-moradia do TC é tão revoltante quanto história do mendigo que morava no lixo do tribunal

Revista ihu on-line

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

Etty Hillesum - A resistência alegre contra o mal

Edição: 534

Leia mais

Juventudes. Protagonismos, transformações e futuro

Edição: 536

Leia mais

No Brasil das reformas, retrocessos no mundo do trabalho

Edição: 535

Leia mais

Etty Hillesum - A resistência alegre contra o mal

Edição: 534

Leia mais

Mais Lidos

  • Agrotóxicos despejados perto de aldeia levam crianças e jovens Guarani Kaiowá ao hospital

    LER MAIS
  • Sob o império do grosseiro e do obsceno

    LER MAIS
  • Quem são os “idiotas úteis”?

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: Cesar Sanson | 20 Fevereiro 2015

Há 18 meses, Curitiba ficou perplexa com uma história revelada pelo repórter Douglas Santucci, da Rádio Bandnews. O jornalista encontrou um mendigo que morava há seis meses dentro de uma lata de lixo do Tribunal de Contas do Paraná, no coração do Centro Cívico.

O comentário é de André Gonçalves, jornalista, publicado pelo jornal Gazeta do Povo, 19-02-2015.

A casa de Renato da Silva, de 40 anos, ficava bem perto dos palácios Iguaçu, do governo do estado, e 29 de Março, da prefeitura de Curitiba. O mendigo falou em entrevista que já estava adaptado à vida no contêiner: o cheiro não incomodava e os lixeiros não levavam suas coisas porque o conheciam.

Não tenho notícias sobre o paradeiro de Renato da Silva. Segundo o leitor Thiago da Cunha Medeiros, ele ainda mora lá.

Mas a informação fresquinha do dia também tem a ver com uma questão habitacional… Hoje o Tribunal de Contas do Paraná decidiu conceder auxílio-moradia para seus conselheiros, auditores e procuradores. Vinte pessoas serão beneficiadas com um acréscimo de R$ 4.377,74 nos vencimentos.

Renato e muito provavelmente você, que está lendo este texto agora, não fazem parte desta lista. Morariam, porém, em um lugar bem melhor que uma lixeira com uma ajudinha desse gênero.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Auxílio-moradia do TC é tão revoltante quanto história do mendigo que morava no lixo do tribunal - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV