Vale do Sinos. 43,6% dos vínculos no mercado de trabalho formal foram ocupados por mulheres em 2016

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • O que muda (para pior) no financiamento do SUS

    LER MAIS
  • Ou isto, ou aquilo

    LER MAIS
  • Desmatamento na Amazônia aumenta 212% em outubro deste ano, aponta Imazon

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

06 Março 2017

O Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, publica a "Carta Especial Mulheres no Mercado de Trabalho", que é produzida pelo Observatório Unilasalle: Trabalho, Gestão e Políticas Públicas. A edição de 2017 traz pesquisas que buscam saber onde está localizada a força de trabalho feminina, qual a sua participação proporcional, bem como informações sobre a sua remuneração. Dos dados apresentados, destaca-se, por exemplo, que 43,6% dos vínculos no mercado de trabalho formal foram ocupados por mulheres em 2016 e que o mercado de trabalho feminino cresce cerca de 10 pontos percentuais mais que o total do mercado de trabalho.

Para que a elaboração da Carta Especial Mulheres no Mercado de Trabalho possa ser elaborada, o Observatório Unilasalle recorre a categorização ao nível de seção da Classificação Nacional de Atividades Econômicas - CNAE. O material é elaborado a partir dos dados disponibilizados pelo Ministério do Trabalho e Emprego - MTE, por meio da Relação Anual de Informações Sociais - RAIS.

As informações dizem respeito aos anos de 2006 e 2016, últimos dados divulgados. Como recorte metodológico selecionou-se quatro regiões geográficas (Brasil, Rio Grande do Sul, Região Metropolitana de Porto Alegre e o município de Canoas) para realizar a pesquisa. Espera-se com material visualizar o papel das mulheres no mercado de trabalho formal no sentido de problematizar a contribuição da força de trabalho feminina.

Clique aqui para acessar a publicação completa.

Leia mais

Carta especial Mulheres no mercado de trabalho
O salário da mulher é 7,6% menor que dos homens na Região Metropolitana de Porto Alegre
Evolução da participação feminina no mercado de trabalho da RMPA
Mulheres no mercado de trabalho
Juventude e o mercado de trabalho formal no Vale do Sinos

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Vale do Sinos. 43,6% dos vínculos no mercado de trabalho formal foram ocupados por mulheres em 2016 - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV