São Leopoldo-RS. 29,7% dos eleitores declaram-se indecisos ou votariam em branco/nulo

Revista ihu on-line

Cultura Pop. Na dobra do óbvio, a emergência de um mundo complexo

Edição: 545

Leia mais

Revolução 4.0. Novas fronteiras para a vida e a educação

Edição: 544

Leia mais

Ontologias Anarquistas. Um pensamento para além do cânone

Edição: 543

Leia mais

Mais Lidos

  • O que deve ser cancelado? Eis a questão

    LER MAIS
  • Indígena assassinado no Maranhão é o 4º Guajajara morto de forma violenta em menos de dois meses

    LER MAIS
  • Padre Miguel Ángel Fiorito, SJ, meu Mestre do Diálogo: "Ele nos ensinou o caminho do discernimento". Artigo do Papa Francisco

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

29 Setembro 2016

O Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, publica, abaixo, nota sobre a pesquisa eleitoral realizada no município de São Leopoldo, elaborada pelo Observatório Juvenil do Vale.

Eis a nota.

Pesquisa eleitoral para a Prefeitura de São Leopoldo realizada pela Glocal Consultoria, Assessoria & Projetos Sociais (Registrada no Tribunal Superior Eleitoral – TSE- em 21/09/2016, sob o N° de Identificação RS-08859/2016) entre os dias 16 e 21 de setembro de 2016 é publicada no dia de hoje, 27 de setembro de 2016. Foram entrevistadas 500 pessoas, considerando as variáveis Sexo, Idade, Escolaridade e Local de residência (bairro), com um nível de confiança de 95% e margem de erro de 4,0 pontos porcentuais para mais ou para menos. Os 500 entrevistados foram divididos de maneira proporcional entre os dez bairros mais populosos de São Leopoldo; sendo pela ordem de maior população a menor: Feitoria, Santos Dumont, Arroio da Manteiga, Scharlau, Campina, Vicentina, Centro, Duque de Caxias, Santa Teresa, São Miguel.
A pesquisa realizava duas perguntas:

1) Se as eleições municipais fossem hoje, em quem você votaria para Prefeito?

2) Se as eleições municipais fossem hoje, em quem você não votaria para Prefeito?

O objetivo da pesquisa era obter uma amostra significativa sobre o grau de adesão do eleitorado aos diferentes candidatos, bem como a eventual rejeição aos mesmos.

Processada as informações sobre o nível de adesão e rejeição dos candidatos, os resultados obtidos são:

O candidato pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Ary Vanazzi se encontra em primeiro lugar, com 23,1% de intenções de voto. Seguido de perto, o candidato pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), Professor Nado, obteve o 19,8% de intenções de voto. Em terceiro lugar, o candidato pelo Partido Progressista (PP), Chico, obteve o 11,8% de intenções, enquanto logo após o candidato pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Dr. Moacir, obteve o 10,6% de intenções de votos. Com uma expressão menor, continua o candidato pelo Partido Social Democrático (PSD), Carlos Szulczewski, obtendo 4% de intenções, para logo após situar-se o candidato pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), Professor Célio, com 1% de intenções de votos. No entanto, os dados registrados acerca de entrevistados que escolheram a opção “Indecisos/Brancos/Nulos” obteve um significativo número, atingindo os 29,7%.

No gráfico também é possível perceber como os dois candidatos que obtiveram maior rejeição são, em primeiro lugar, o Dr. Moacir (PSDB), com 43,6%, seguido pelo candidato Ary Vanazzi (PT), com 39,40%. Em terceiro lugar, o candidato Chico (PP), obteve o 18,5% de rejeição por parte dos entrevistados, e em quarto lugar o candidato Carlos Szulczewski (PSD) com 13%. No final da lista, encontram-se os candidatos que, em definitivo, menos foram citados na avaliação sobre rejeição: o Professor Nado (PDT) com 7,8%, e finalmente o Professor Célio (PSOL), com 6%.

Admitindo que o comportamento eleitoral daquele 29,7% de eleitores que se apresentam “Indecisos” a quem votar, ou votaria em “branco” ou anularia seu voto, pudesse tomar uma decisão diferente no dia da eleição, certamente os candidatos menos rejeitados poderiam ser os que, maiormente, capitalizariam esse caudal de votos.

Alguns candidatos, possivelmente, tenham alcançado seu teto máximo de adesão eleitoral, enquanto alguns, principalmente entre os que tem menos rejeição, ainda teriam possibilidades concretas de aumentar a sua adesão. Resta aguardar até o dia 2 de outubro. Boa eleição para todos os leopoldenses!

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

São Leopoldo-RS. 29,7% dos eleitores declaram-se indecisos ou votariam em branco/nulo - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV