67,59% dos candidatos a vereador no Vale do Sinos são homens e apenas 7,32% são jovens

Revista ihu on-line

Do ethos ao business em tempos de “Future-se”

Edição: 539

Leia mais

Grande Sertão: Veredas. Travessias

Edição: 538

Leia mais

A fagocitose do capital e as possibilidades de uma economia que faz viver e não mata

Edição: 537

Leia mais

Mais Lidos

  • Assim o 1% se prepara para o apocalipse climático

    LER MAIS
  • Bispos latino-americanos levantam a voz pela Amazônia

    LER MAIS
  • O holocausto da Amazônia põe a civilização em alerta. Artigo de Marina Silva

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


close

FECHAR

Enviar o link deste por e-mail a um(a) amigo(a).

Enviar

Por: Marilene Maia e Matheus Nienow | 30 Agosto 2016

Homem branco, de 40 a 59 anos, com ensino médio completo e casado: este é o perfil da maioria dos candidatos do Vale do Sinos nas eleições legislativas de 2016; 67,59% são do sexo masculino, sendo que a inserção de jovens fica em apenas 7,32% na região, mesmo esta faixa representando quase 24% do eleitorado.

O Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos – ObservaSinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, acessou os dados do Tribunal Superior Eleitoral – TSE para verificar o perfil dos candidatos a vereador, cargos do legislativo, nos 14 municípios do Vale do Sinos. Para tanto, foram utilizados todos os dados dos candidatos cadastrados em 2016.

A tabela 01 apresenta os candidatos a vereador por sexo, em 2016, nos municípios do Vale do Sinos. Dentre os candidatos, 67,59% são do sexo masculino frente a 32,41% do feminino. Estância Velha foi o município com o maior percentual de candidatas, com 35,42%.

Conforme o artigo 10 da Lei n° 9.504 de 1997, cada partido ou coligação preencherá o mínimo de 30% (trinta por cento) e o máximo de 70% (setenta por cento) para candidaturas de cada sexo. Esta atualização da lei ocorreu em 2009 com a Lei n° 12.034.

Destaca-se que todos os municípios atenderam a lei, com no mínimo 30% de candidaturas de cada sexo. Ainda assim, em nenhum município o percentual de mulheres chegou a 36%. Sabe-se que em 2012, das 517 candidatas mulheres na região, apenas 14 foram eleitas, ou seja, 2,7%. No mesmo ano, dos 1.172 candidatos homens, 147 foram eleitos, ou seja, 12,5%.

A participação das mulheres na política de forma mais ativa tem sido discutida não só no campo municipal. Em 2014, apesar de alguns avanços, a participação das mulheres encolheu no país.

A tabela 02 apresenta os candidatos a vereador, por faixa etária, em 2016, nos municípios do Vale do Sinos; 61,62% dos candidatos possuem de 40 a 59 anos.

A inserção de jovens na política também é baixa, com apenas 130 dos 1.777 candidatos tendo se 18 a 29 anos, ou seja, 7,32%. No Rio Grande do Sul, quase 24% do total de eleitores tem até 29 anos.

Apenas 19 dos 1.777 candidatos possuem de 70 a 79 anos, e nenhum tem mais de 80. Dos 14 municípios da região, em 13 a maior parte dos candidatos tinha de 40 a 49 ou de 50 a 59 anos. Apenas em Ivoti a maior parte dos candidatos tinha de 30 a 39 anos, representando 33,33%.

A tabela 03 apresenta os candidatos a vereador, por escolaridade, nos municípios do Vale do Sinos. A maior parte, 34,83%, possui ensino médio completo.

A tabela 04 apresenta os candidatos a vereador, por partido político, no Vale do Sinos em 2016. Dos 30 partidos que apresentaram candidaturas ao legislativo, os do PDT, PMDB e PP foram os únicos a apresentar candidaturas em todos os municípios da região.

Se somados, os 5 partidos com o maior número de candidaturas contam com 52,34% do total de candidaturas na região. Só PMDB e PP juntos já somam 25%.

A tabela 05 apresenta os candidatos a vereador, por raça ou cor, nos municípios do Vale do Sinos, em 2016; 1.610 dos 1.777 candidatos declararam-se brancos, ou seja, 90,60%.


No último Censo Demográfico, em 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, 12,45% da população do Vale do Sinos autodeclarou-se negra. Ainda assim, em 2016, apenas 9,12% dos candidatos declararam-se negros. Além disso, nenhum candidato declarou-se indígena na região, sendo que esta população representa apenas 0,10% da população total da região.

Em Dois Irmãos, todos os candidatos declararam-se brancos; em Ivoti, 31 dos 33 candidatos. Nesses municípios, conforme o último censo, 7,41% da população declarou-se negra.

A tabela 06 apresenta os candidatos a vereador, por estado civil, nos municípios do Vale do Sinos, em 2016. Dos 1.777 candidatos, 860 são casados e 635, solteiros. Juntas estas duas categorias somam 1.495 candidatos, ou seja, 84,13%.


Com as eleições ocorrendo no próximo dia 02 de outubro, cabe aos eleitores verificar o perfil dos candidatos aos cargos do legislativo, assim como do executivo. Estes perfis podem, ou não, corresponder aos anseios da população quanto ao que se trata da representatividade da população nas câmaras municipais dos municípios do Vale do Sinos.
Destaca-se, por fim, que a participação feminina na administração pública ainda é baixa. Em 2012, dos 14 municípios, em apenas 2 havia mais mulheres do que homens em secretarias municipais. Ainda assim, o setor da administração pública permanece como o mais igualitário na questão salarial quando comparados os salários de homens e mulheres.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

67,59% dos candidatos a vereador no Vale do Sinos são homens e apenas 7,32% são jovens - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV