O Papa exige mais uma vez, perante os formadores vocacionais latino-americanos, “criar ou consolidar seminários interdiocesanos, provinciais ou regionais”

Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Mais Lidos

  • As sete pistas do Papa Francisco para viver o Advento

    LER MAIS
  • Desmatamento, trabalho escravo e incentivo da ditadura: o que está por trás dos megapecuaristas do Brasil

    LER MAIS
  • Começa processo para caçar vereador que ameaçou Frei Sérgio de morte no Rio Grande do Sul

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


11 Novembro 2022

  • “É preciso sair da inércia e do protagonismo e começar a sonhar juntos, não ansiando pelo passado, não sozinhos, mas unidos e abertos ao que o Senhor deseja hoje como formação para as próximas gerações de sacerdotes inspirados nas orientações atuais da Igreja";

  • "Sua missão não é formar "super-homens" que fingem saber e controlar tudo e ser autossuficientes, mas, ao contrário, é formar homens que sigam humildemente o processo escolhido pelo Filho de Deus, que é o caminho da encarnação";

  • Outro dos riscos da formação sacerdotal, acrescentou o Papa, é a tentação de cair no “exclusivismo ou particularismo”, algo que se cura com o “acompanhamento formativo de outras pessoas”, como agentes pastorais, párocos ou especialistas;

  • "Somos 'com-discípulos' dos outros fiéis cristãos e, portanto, compartilhamos as mesmas necessidades humanas e espirituais, pois também estamos sujeitos às mesmas fragilidades, limites e erros".

A reportagem é de Jesús Bastante, publicada por Religión Digital, 10-11-2022.

O Papa Francisco pediu aos reitores e formadores dos seminários latino-americanos "que se comprometam a criar ou consolidar seminários interdiocesanos, provinciais ou regionais", nos mesmos moldes que sublinhou recentemente perante os seminaristas italianos, e no mesmo quadro do "visita apostólica" aos seminários espanhóis.

Em seu discurso, Bergoglio destacou que "os Bispos devem assumir sinodicamente, especialmente no nível das Conferências Episcopais regionais ou nacionais", esta tarefa, especialmente no momento em que enfrentam o "desafio" de fazer dos seminários "verdadeiras comunidades". Christian, o que implica não só um projeto de formação coerente, mas também um número adequado de seminaristas e formadores para garantir uma experiência verdadeiramente comunitária em todas as dimensões da formação".

Presença sacramental do seu povo

“Toda a formação sacerdotal, particularmente a dos futuros pastores, está no centro da evangelização, porque nas próximas décadas eles, respondendo a uma genuína vocação específica, animarão e conduzirão o santo povo de Deus”, iniciou o Papa o seu discurso, no qual preconizava uma "formação de qualidade" para aqueles que "serão a presença sacramental do Senhor no meio do seu rebanho, alimentando-o e curando-o com a Palavra e os Sacramentos".

Para Bergoglio, há quatro dimensões essenciais ao abordar "simultaneamente e de forma equilibrada" a pastoral vocacional: "humana, intelectual, espiritual e pastoral". “É preciso sair da inércia e do protagonismo e começar a sonhar juntos, não desejando o passado, não sozinhos, mas unidos e abertos ao que o Senhor quer hoje como formação para as próximas gerações de sacerdotes inspirados nas orientações atuais da Igreja", esclareceu.

Com-discípulos do resto do Povo de Deus

"Somos 'com-discípulos' dos outros fiéis cristãos e, portanto, compartilhamos as mesmas necessidades humanas e espirituais, pois também estamos sujeitos às mesmas fragilidades, limites e erros", acrescentou, convidando os formadores a "integrar "os dons da graça e os traços de uma natureza ferida" e estar atento, pois "sua missão não é formar "super-homens" que pretendem saber e controlar tudo e ser autossuficientes, mas o contrário, é formar homens que sigam humildemente o processo escolhido pelo Filho de Deus, que é o caminho da encarnação".

E o fato é que, acrescentou Bergoglio, a formação sacerdotal "não é uma mera escola de virtudes, de crescimento da própria personalidade ou de desenvolvimento pessoal", mas "implica, principalmente, um amadurecimento integral da pessoa" em um processo que deve ser "ao mesmo tempo humano e espiritual".

“Devemos também estar conscientes do impacto formativo que a vida e o ministério dos formadores têm sobre os seminaristas”, destacou Francisco, enfatizando que “um saudável amadurecimento humano consistente com a consolidação da própria vocação e missão, que inclui a superação normal dificuldades e momentos de crise, permitem ao sacerdote formador renovar constantemente as bases sobre as quais se sustenta a sua configuração com Cristo, Servo e Bom Pastor e, além disso, proporcionam-lhe o instrumento mais eficaz para o exercício do seu serviço no Seminário".

Ouça e tenha empatia

Assim, referindo-se à equipa de formação, o Papa convidou a encorajar “a disponibilidade para ouvir e ter empatia com os outros” que “mais do que um instrumento de evangelização, é precisamente o ambiente onde germina, floresce e dá fruto”. Isso, e uma vida que pode “testemunhar o que suas palavras e gestos tentam transmitir no diálogo e interação com seus interlocutores em formação”.

Outro dos riscos da formação sacerdotal, acrescentou o Papa, é a tentação de cair no "exclusivismo ou particularismo", algo que se cura com o "acompanhamento formativo de outras pessoas", como agentes pastorais, párocos ou especialistas.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O Papa exige mais uma vez, perante os formadores vocacionais latino-americanos, “criar ou consolidar seminários interdiocesanos, provinciais ou regionais” - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV