O Papa aos jornalistas em voo: "Estou pronto para ir à China"

Mais Lidos

  • Congo está sendo “martirizado” devido a seus recursos naturais. Vaticano desafiará EUA e China?

    LER MAIS
  • Três coisas a saber sobre a visita do Papa Francisco ao Sudão do Sul

    LER MAIS
  • O dia em que Francisco sentiu um nó na garganta no Congo

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

14 Setembro 2022

 

Começou a 38ª viagem apostólica de Francisco: três dias em Nur-Sultan, no coração da Ásia, para participar do Congresso dos Líderes das Religiões mundiais e tradicionais.

 

"Estou pronto para ir à China". No voo para a capital do Cazaquistão, Nur-Sultan, o Papa Francisco respondeu assim ao correspondente de La Croix sobre a presença de Xi Jinping no Cazaquistão nos próximos dias.

 

A reportagem é de Stefania Falasca, publicada por Avvenire, 13-09-2022. A tradução é de Luisa Rabolini.

 

O Papa Francisco também recebeu doces para a festa chinesa da lua enviados pelo pintor de Pequim Yan Zhang, autor do retrato de João Paulo I, exibido na fachada da Basílica de São Pedro para a beatificação em 4 de setembro passado.

 

No avião que o leva ao sul da Rússia e à fronteira com a China para o Congresso de Líderes Religiosos como peregrino de diálogo e paz, o Papa saudou os mais de setenta jornalistas, um a um, caminhando com a ajuda de sua bengala.

 

Uma associação mexicana, por meio da correspondente da Televisa, doou ao Papa Francisco a representação plástica de uma pomba usada nos Prêmios Nobel da Paz. Francisco havia saído por volta das 6h30 da Casa Santa Marta para o aeroporto de Roma-Fiumicino. O avião decolou por volta das 7h36, com destino a Nur-Sultan, a futurista capital cazaque conhecida até março de 2019 como Astana. No final, o voo papal aterrissará no aeroporto internacional.

 

Leia mais

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O Papa aos jornalistas em voo: "Estou pronto para ir à China" - Instituto Humanitas Unisinos - IHU